Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Lyrics

Princesa adora brisa, e a brisa ela furta
Fartura, vida longa
Miséria, vida curta
Os drama a gente chuta, a glória nóis segura
O drama nos persegue, a glória nóis procura

O tempo sem acréscimo, políticos são péssimos
Se alistem no exército, bandeira a gente jura
Seria menos trágico tipo se eu fosse mágico
O amor seria câncer, doença sem cura

Lyrics continue below...

Don't want to see ads? Upgrade Now

Vida longa, um fato e não um enfeite
Longa vida, além das caixa de leite
Vermelho não é guache, não peça que eu relaxe
Uma cama de espinhos, não peça que eu me deite

E tudo termina em samba, querem que toque salsa
Brasil vai virar Cuba, essa notícia é falsa
Vida sem dor e choro, o gueto sempre quis
Que chore suas guitarras, tipo Jimi Hendrix

Onde há fogo há fumaça sinto pelo faro
Infelizmente Bolsonaros não é tipo raro
Nóis aprecia vida longa à democracia
Pra muitos vida dura, ditaduras torturaram

Palavras que liberta o limite da fronteira
Não é a bíblia narrada por Sid Moreira
Rap é vida, a rua e as narrativa
Desejo vida longa à nossa voz ativa

Hey, nóis tem o poder
Legal, use o senso do homem de bem
Pode derrubar o homem mau
Coração guiou, pelas ruas andei
Vida longa à majestade, o tempo é rei

Veloz o tempo passa, mas que a história fique
Que virem filmes mais longos que o Titanic
Se o assunto é racismo, desejo vida curta
Que os pretos liguem a TV e se identifiquem

Nova era, são clicks e chips
Continuo ácido, que nem a brisa dos hippies
Tudo azul no rap, damas e drinks nos clipes
Meu azul agora é o Blues do Mississípi

Trampamos como máquinas, tipo dançando popping
E as luas se aglomera mais que rolezin no shopping
Os cara diz que é Ghandi, até o anti-dopping
As mina diz que é Sandy, mas viram Janis Joplin

Somos loucos, é natural
Hipocrisia moral é só mentira, tipo
Beleza nos horrores, tem pólvora nas flores
E os valores, que nem o pé da curupira

Invertidos, no gueto, sem incentivo
Na visita, os homens de distintivo
E as ruas e os métodos avançados
Mas os homens fardados são primitivos

Eles e nóis, é joio e trigo
Amor e justiça é a causa que brigo
Nossa união é sinal de perigo
Então, vida longa aos bons amigos
Uau!

Hey, nóis tem o poder
Legal, use o senso do homem de bem
Pode derrubar o homem mau
Coração guiou, pelas ruas andei
Vida longa à majestade, o tempo é rei

Writer(s): Rincón Sapiência

Don't want to see ads? Upgrade Now

Features

API Calls