Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Lyrics

A solidão é uma cidade abandonada
É uma carroça numa estrada que vai dar na escuridão
É a feiura da mulher toda arrumada
Passeando na calçada sem ninguém dar atenção

A solidão é como um pássaro ferido
Que voou, mas está perdido, sem saber a direção
É como mão sem outra mão para bater palma
Como um Deus que perde a calma se ninguém pedir perdão

Lyrics continue below...

Don't want to see ads? Upgrade Now

A solidão é como um nome que se esquece
Como um homem que envelhece, sem viver o que sonhou
É como um trânsito em plena madrugada
É o poeta na calçada que ninguém nunca escutou

A solidão é uma atriz, sem a plateia
É abelha sem colmeia, é barco à vela no sertão
É a promessa do político sem ética
É a conta aritmética em que o zero é a solução

A solidão é uma bola sem chuteira
É a vizinha fofoqueira, sem vizinhos no portão
A solidão é o rebolado da mulata
Quando a festa já tá chata e ninguém quer mais sambar, não

A solidão é quando o tempo vai embora
Quando a gente perde a hora e o compasso da canção
A solidão é quando o filme fica bobo
Quando a gente perde jogo, porque alguém fez gol de mão

Writer(s): Montenegro Oswaldo

Don't want to see ads? Upgrade Now

Features

API Calls