Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar
Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

  • Data de lançamento

    23 Setembro 1994

  • Duração

    11 faixas

O início dos anos noventa foi o período mais controverso na carreira de Madonna. Em apenas alguns anos, ela apresentou ao mundo o livro "Sex", o álbum Erotica e os filmes Na Cama com Madonna e Corpo em Evidência. Muitos pensavam que a Rainha do Exibicionismo tinha ido longe demais desta vez. Especialmente pelo livro "Sex", que tinha dado à Madonna mais danos do que a fama, as vendas do Erotica eram muito baixas para um álbum de Madonna. Nesta altura, a própria Madonna percebeu que era hora de uma mudança de imagem novamente. Ela juntou-se a quatro produtores famosos: Dallas Austin, Dave Hall, Nellee Hooper e Babyface, para trabalhar em um novo álbum de estúdio. Foi uma das poucas ocasiões em que ela trabalhou com produtores conhecidos. O resultado foi o Bedtime Stories, um álbum de 11 faixas lançado em 25 de outubro de 1994.
O som do álbum é muito diferente dos outros que Madonna já havia lançado, focando-se no R&B, o que resultou em um álbum bem diferente do Erotica. O primeiro single, Secret, e seu vídeo representam melhor esta mudança. Em Take A Bow, sua imagem é mais conservadora, embora parte do vídeo mostra Madonna de lingerie. Esses dois singles alcançou o topo das paradas, uma mudança bem-vinda depois dos cenários do início dos anos noventa. Na verdade, Take A Bow (que é o seu #1 mais duradouro nos EUA, com 7 semanas no top) ajudou o álbum a parar de cair na parada da Billboard. Já os outros dois singles, Bedtime Story e Human Nature, não marcaram um lugar desejável nas paradas. Muitos não veem o álbum como um dos mais importantes de Madonna, mas sim como uma transição do Erotica para o Ray Of Light. Com Bedtime Story vemos um novo som experimental de Madonna, que ela expandiu anos mais tarde com William Orbit.
Na parada de álbuns, Bedtime Stories atingiu #1 (Austrália), #2 (Reino Unido, França), #3 (EUA), #4 (Alemanha) e #7 (Canadá). Em novembro de 2005, foi disco de platina triplo pelas 3 milhões de cópias vendidas nos EUA. Em todo o mundo vendeu cerca de 8 milhões de cópias. O álbum também recebeu indicações ao Grammy, mas não ganhou nenhum prêmio.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Álbuns parecidos

Atrações em destaque

API Calls