Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    2 Dezembro 1985 (idade 35)

Jordan McElveen é um rapper americano de Baltimore, Maryland, mais conhecido pelo seu nome artístico COMP. O nome é um acrônimo que significa "Clever On Many Perspectives". McElveen é muito conhecido pelo tempo em que fez parte da Def Jam Recordings (embora nunca tenha lançado um disco pelo selo), entre 2000 e 2004, e, principalmente, por sua participação como personagem jogável no game da gravadora: Def Jam Fight for NY. O rapper nasceu com uma deformidade em sua mão esquerda, que logo virou sua marca registrada, fazendo referência à ela em diversas faixas.

COMP se tornou bastante conhecido por sua participação em trilhas sonoras de filmes e jogos. Em 2000, sua faixa "Do Sumptin" foi incluída na trilha sonora do filme "Contra o Tempo" (Cradle 2 tha Grave), estrelado por Jet Li e DMX. A faixa se tornou um hit instantâneo e sua próxima faixa, chamada "Rollin" foi incluída na trilha sonora do filme "As Férias da Família Johnson" (Johnson Family Vacation), estrelado por Cedric the Entertainer. Depois dos filmes, as músicas do rapper se tornaram trilha sonora do jogo Def Jam Vendetta. Além da já citada "Do Sumptin", o game também trazia a faixa "Stick Em".

Em 2004, McElveen se tornou um personagem na sequência de Vendetta, o aclamado Def Jam Fight for NY. No game, além de ser um lutador jogável, obviamente fez parte da trilha sonora. Dessa vez, as faixas escolhidas foram "Get Into It" e "COMP", esta última sendo amplamente bem recebida por fãs do game, viria a ser lançada em sua versão explítica (sem censura) apenas em 2019. Após isso, o rapper deixa a Def Jam e, em 2006, faz sua estréia como ator no filme "Charm City".

O rapper fez diversas participações em faixas de outros artistas renomados do meio. Além disso, fez shows como ato de abertura da turnê "Valentines Day Tour", do rapper 50 Cent. COMP havia em seu currículo um vasto catálogo de mixtapes, com produção de nomes como DJ Kay Slay. Em 2009, finalmente seria lançado o tão esperado álbum do rapper. O disco, fazendo referência à sua deformidade, foi batizado como "The Man with the Hand" e foi lançado através da própria gravadora de McElveen, a Bang-a-Rang Records, em parceria com a Shape Shifter Entertainment.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls