Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Breaking Benjamin é uma banda americana de formada em 1998 em Wilkes-Barre, Pensilvânia.

História da Banda

Formada em 1998 pelo vocalista Benjamin Burnley e o baterista Jeremy Hummel, Breaking Benjamin rapidamente se tornou famoso na cidade. No ano seguinte mudaram o seu nome para Plan 9. Mais tarde, em 2000, após várias modificações, eles mudaram para o nome inicial, Breaking Benjamin. No mesmo ano, dois amigos de Burnley, Aaron Fink e Mark Klepaski, deixaram as suas bandas para se juntar à banda como guitarrista e baixista, respectivamente. Ela chamou atenção quando apareceu na MTV como cover, resultando em um acordo com a Universal Records.

Mudaram-se para a Hollywood Records em 2001 após o sucesso de um EP independente, Breaking Benjamin EP, que vendeu duas mil cópias. Depois lançaram o seu álbum principal, Saturate, em 27 de Agosto de 2002. A primeira faixa do álbum, "Polyamorous", tocou muito nas rádios, antes de alcançar grandes audiências. "Skin" também foi lançada, mas não fez tanto sucesso como a canção anterior. O álbum vendeu então apenas 300 mil cópias.

Então, em 29 de Julho de 2004, Breaking Benjamin lançou o seu maior álbum, We Are Not Alone.

Mais tarde em 8 de Agosto de 2006 lançaram o álbum "Phobia" com o single "The Diary of Jane" que até ao momento pode ser considerado o seu single de maior sucesso.

O produtor David Bendeth, que produziu os últimos dois álbuns da banda "We Are Not Alone" e "Phobia", já produziu o quarto álbum de estúdio intitulado "Dear Agony", lançado em 29 de Setembro de 2009. O primeiro single, I Will Not Bow, já foi liberado às rádios e fará parte do filme "Surrogates", estrelado por Bruce Willis.

Breaking Benjamin em 2011-2012
Aaron Fincke e Mark Klepaski foram demitidos da banda, pelo vocalista Ben Burnley de acordo com o site brasileiro de notícias sobre música MPSIROCK. Essa notícia foi postada em vários sites especializados em informações no dia 02/08/2011. A demissão teria sido fruto do envolvimento dos dois no remix da música "Blow Me Away" parte da compilação "Shallow Bay: The Best Of Breaking Benjamin" lançado em 16 de Agosto de 2011 pela Hollywood Records.
Benjamin Burnley afirma que não teve nenhum conhecimento prévio da decisão dos dois e que ambos ganharam cerca de 100,000 $ da gravadora para fazerem a música.

Segundo o advogado do cantor, Brian Caplan, disse à The Associated Press (02/08/11) que Burnley pretende contratar novos companheiros de banda e manter a performance como Breaking Benjamin. A banda tem estado em um longo hiato, devido a problemas de saúde do Burnley. “A relação entre o Sr. Burnley e os dois outros membros da banda acabou”, disse Caplan. “Burnley tem a intenção de avançar com o nome Breaking Benjamin e a banda vai continuar. Ele só não vai continuar na sua formação anterior. Ele não está se aposentando.”

No dia 22 de abril de 2012 o baterista Chad Szeliga postou em sua página no Facebook que estava deixando a banda devido a diferenças criativas. Pouco depois foi anunciado que ele entraria para a banda Black Label Society.

O Retorno (2013)
No dia 19 de abril de 2013, Ben anunciou pelo Facebook da banda de que ele conseguiu os devidos direitos para continuar utilizando o nome Breaking Benjamin e de que a banda irá continuar.

A disputa entre Benjamin Burnley, que é o único fundador, principal músico, cantor e compositor da banda Breaking Benjamin, e dois dos ex-membros da banda foi resolvida. Benjamin Burnley mantém o seu direito de usar o nome da banda e Breaking Benjamin continuará. Benjamin Burnley afirma: "Tenho o prazer de finalmente colocar este assunto para trás e me concentrar no futuro para Breaking Benjamin. Desejo expressar o meu amor nunca termina e gratidão aos melhores fãs do mundo por seu amor eterno e apoio. Palavras não podem expressar o meu amor para todos vocês! Obrigado."

Nova formação (2014-presente)
Em 19 de agosto de 2014, a banda anunciou que tinham reformado por meio de sua página oficial do Facebook. A banda re-emergiu como um quinteto com Burnley como o vocalista e quatro novos membros. Eles incluem: o guitarrista Jasen Rauch, anteriormente da banda Red, que havia colaborado com a banda em quatro faixas no álbum Dear Agony; o guitarrista/backing vocal Keith Wallen, anteriormente de Adelitas Way e Cooper; o baixista/backing vocal Aaron Bruch, ex-OurAfter and Forever Oeuvre, que já tocou em shows acústicos com Burnley em 2010 e 2013; e o baterista Shaun Foist, anteriormente da banda Picture Me Broken.

Burnley disse no lineup que: "Todos que estão na banda agora são músicos muito talentosos e foram escolhidos a dedo", e adicionou: "Keith e Aaron são cantores realmente surpreendentes. São o tipo ao qual a banda sempre precisou".

Dark Before Dawn (2015)
Em 18 de março de 2015, a faixa "Failure" assim como o título do novo álbum "Dark Before Dawn" foram anunciados. O "Dark Before Dawn" foi oficialmente lançado em 23 de junho de 2015.
Em uma hora de pré-venda, o álbum alcançou o #1 no chart de álbuns de rock no iTunes e #3 no chart geral. O álbum também alcançou o #1 na Billboard 200, fazendo do álbum o de maior sucesso em vendas até o momento. Em julho do mesmo ano, a banda anunciou que fariam sua primeira tour no exterior.

Burnley explicou que escrever o Dark Before Dawn foi intermitente e fragmentado, levou todo o período de hiatus, mas foi perto do final do hiatus em 2013 que foi quando ele se tornou coeso. Depois de frustrado com a falta de respostas em relação à sua condição de saúde, Burnley decidiu parar de procurar por um diagnóstico e focar no álbum. Gravado e produzido no estúdio pessoal de Burnley, o Dark Before Dawn é o primeiro álbum com o vocalista creditado como produtor. O cantor afirmou que "Eu diria que a quantidade de produção deste álbum foi a mesma dos outros álbuns, só não tinha meu nome (nele)" e adicionou, "Eu não estou fazendo nada diferente aqui do que fiz no passado. Por que não deveria ser conhecido por estar fazendo isso?"

Ember (2018)
Em agosto de 2017 foi divulgado que o sexto álbum de estúdio da banda estava completo. Em Dezembro de 2017, foi divulgado que o Ember e seu single principal "Red Cold River" seriam lançados no começo de 2018. O Ember vendeu 88.000 cópias em sua primeira semana e ficou em #3 na Billboard 200. "Red Cold River" chegou ao #2 no Mainstream Rock Songs chart, e #5 no Hot Rock Songs chart.
Videoclipes para as faixas "Red Cold River", "Torn in Two" e "Tourniquet" foram lançados em 18 de janeiro, 12 de abril e 13 de dezembro, respectivamente, com Burnley explicando que os clipes são uma trilogia.

Burnley afirmou que ele escolheu "Ember" como título do álbum como algo que remetesse ao fim de algo ou o começo, mas enfatizou uma ambiguidade intencional para deixar aberto a interpretações. Foi o primeiro álbum com participação de todos os integrantes na produção, desde a escrita das letras à composição das melodias. O guitarrista Jasen Rauch comentou que o álbum ultrapassa os limites com um material mais pesado do que o feito pela banda no passado. Ele disse "tocando, é o álbum mais difícil" e que eles se aproveitaram da dinâmica com três guitarristas, mas que o álbum, no entanto, não se afasta do som estabelecido pelo Breaking Benjamin.

Formação atual

* Benjamin Burnley - vocal e guitarra (1998 - atual)
* Aaron Bruch - backing vocal e baixo (2014 - atual)
* Jasen Rauch - guitarra (2014 - atual)
* Keith Wallen - backing vocal e guitarra (2014 - atual)
* Shaun Foist - bateria (2014 - atual)

Ex-integrantes

* Jonathan Price - baixo (1998 - 1999)
* Jeremy Hummel - bateria (1998 - 2004)
* Aaron Fink - guitarra (1999 - 2011)
* Mark James - baixo (1999 - 2011)
* Chad Szeliga - bateria (2005 - 2012)

Discografia

Álbuns de estúdio

* Saturate (2002)
* We Are Not Alone (2004)
* Phobia (2006)
* Dear Agony (2009)
* Dark Before Dawn (2015)
* Ember (2018)

EPs:

* Breaking Benjamin EP (2001)
* Live EP (2004)
* So Cold (2004)

Compilações:

* Shallow Bay: The Best Of Breaking Benjamin (2011)

Editar esta wiki

API Calls