Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    31 Agosto 1989

  • Local de nascimento

    Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

  • Data de falecimento

    26 Julho 2006 (idade 16)

Vinicius Gageiro Marques (Porto Alegre, Brasil, 1 de Setembro de 1989 - 26 de Julho de 2006), sob o pseudônimo de Yoñlu, foi um músico brasileiro que entregou sua vida de forma trágica, cometendo suicídio. Até aquele dia, o rapaz, de 16 anos, gravara, em seu quarto, cerca de 60 canções. Todas feitas só com a ajuda de seu violão, um teclado e seu computador. Fluente em francês, inglês e galês, superdotado, avaliam seus professores, tímido ao extremo, o multinstrumentista teve lançado um disco póstumo, em abril, pela Allegro, selo de Goiânia. Mas o que põe a música de Vinicius num patamar mundial é o anúncio do licenciamento de sua obra para o selo nova-iorquino Luaka Bop, de propriedade de David Byrne, com encarte desenhado pelo americano Paul Hornschemeier. O cantor e compositor escocês foi o responsável pelo resgate de Tom Zé e é um notório fã da música brasileira. A breve história de Yoñlu, mitificada no Sul, já é disputada até por cineastas locais. Tinha como influência bandas de punho independente como Radiohead e The Strokes.

Yoñlu não costumava virar noites no computador. Quando ficava até mais tarde com os dedos no teclado não ultrapassava as duas ou três da manhã. Aprendiz de baterista desde os 3 anos, escrevia resenhas de discos de MPB em inglês para o site Amazon.com – suas preferidas eram as dedicadas a João Gilberto – e dava aulas de galês para uma turma virtual.

Se Vinicius tinha 16 anos, Yoñlu era um pouco mais velho: apresentava-se como um músico de 26. A capacidade intelectual era descrita pelos adultos com os quais mantinha contato como fantástica e ao mesmo tempo motivo de sofrimento. Até a relação do garoto com a arte era de certa forma melancólica e retraída. Não tinha o costume de escutar música alta no quarto. Um de seus amigos inseparáveis eram os headphones.Não costumava estudar, apenas passava o olho nas páginas dos livros e entregava as provas em poucos minutos. Mesmo assim, sempre tirava as notas mais altas da turma. No tempo que economizava – por não ter que fazer o dever de casa – estudava música. Aprendeu inglês sozinho, sem fazer cursos. O tempo também era preenchido com a confecção de listas, como a que intitulou "History of Rock (1950-2004)".

Leia mais sobre a história de Yoñlu aqui: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG81603-6014-508,00.html

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls