Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Xênia França, Baiana radicada em São Paulo, é uma cantora reconhecida entre outros, pelo seu trabalho dentro da banda Aláfia. Sua carreira começou em 2007, quando cantava na noite paulistana sambas e clássicos da MPB no extinto grupo Capadoxe. Inserida em um cenário artístico de resgate e propagação da cultura Afro-Brasileira, a cantora se transformou em uma referência de empoderamento e comportamento feminino, principalmente para as mulheres negras.

Lançou em julho de 2016 o single e videoclipe “Breu”, anunciando a produção do seu álbum de estréiaXênia França é uma força da natureza » descreve a jornalista Taís Toti em matéria para o site Riscafaca. « “Diva”, “linda” e “musa” são palavras que se ouvem da platéia quando o Aláfia se apresenta. A Xênia tem essa aura que encanta, atrai a atenção para ela. Coisa de deusa mesmo.

Com pouco tempo de careira, a cantora já dividiu o palco com artistas como Elza Soares, Maria Bethânia, Emicida, Criolo, Margareth Menezes, Teresa Cristina, Tássia Reis, Liniker, Filipe Catto, Roberta Estrela D’Alva, Larissa Luz, Pipo Pegoraro, Batanga & Cia.

Xênia França estreou seu primeiro álbum solo, com apoio do programa Natura Musical 2017. Neste trabalho, a cantora, traz à tona questões como a Bahia, a existência, a beleza e o poder da mulher preta. É um disco no qual a questão da mulher negra está no centro do debate, chamando-a para a auto-aceitação e a afirmação dessa identidade. Co-produzido pelos talentosos produtores paulistanos Pipo Pegoraro e Lourenço Rebetez, o álbum navega entre sonoridades pop, eletrônico e o jazz, junto com as matrizes rítmicas africanas, mais precisamente os ritmos percussivos da Bahia. Serão realizados shows em São Paulo e Salvador.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls