Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Wander Wildner, como é conhecido Wanderley Luis Wildner, (Venâncio Aires, 20 de setembro de 1959) é um cantor e compositor brasileiro. Ficou conhecido por participar da banda Os Replicantes, que teve grande importância no punk rock nacional dos anos 80 (com quem gravou quatro discos), Kadaffi, Sangue Sujo, Máquina Melequenta e Los Encarnados nos anos 80 e 90
Antes de lançar seu primeiro disco solo,
Baladas Sangrentas é o primeiro álbum de estúdio da carreria solo do cantor gaúcho Wander Wildner, lançado em 1996 pelo gravadora Velas. Produzido por Tom Capone e gravado nos Estúdios AR no Rio de Janeiro pelo seu próprio selo Fora da Lei.
Em 1997, "Baladas Sangrentas" foi reeditado pelo selo Tinitus.
Neste disco, passou a definir seu estilo como punk-brega. No repertório, músicas de outros compositores, como "Lugar do Caralho", de Jupiter Maçã, versões, como "Garoto Solitário" ("Lonely Boy", dos Sex Pistols) e músicas assinadas por Wildner, como "Bebendo Vinho", que acabou fazendo
sucesso com o Ira!, no seu disco de regravações 'Isso é Amor', de 1999. Em 1999 foi lançado o seu segundo disco, 'Buenos Dias', foi gravado em 98 de forma independente, mas acabou saindo pela gravadora Trama. Em 2001, Wander Wildner lançou o disco 'Eu Sou Feio… Mas Sou Bonito!', pelo selo Barulhinho.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls