Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar
Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Vid & Sangue Azul
O cantor e compositor Sergio Vid é um artista notável. Verdadeiro defensor dos ideais roqueiros mais autênticos, já era um cara bastante antenado com o BRock antes mesmo dele estourar e receber esta nomenclatura. Na época em que a Rádio Fluminense estava no seu auge (e junto decolava cada vez mais o rock), Vid incendiava o Rio de Janeiro e o Corco Voador com o Sangue da Cidade, nacionalmente conhecido com o hit single Brilhar a minha estrela ("dá mais um/dá mais um"). Foi nesta mesma época que o compacto da música foi um sucesso e puxou novas bandas (a então iniciante Kid Abelha e Os Abóboras Selvagens, por exemplo) para o disco Rock Voador.
Mas muitas águas rolam a partir daí. Vid sai do Sangue da Cidade e monta outra banda, Vid & Sangue Azul, onde o ideal de valorização do Rock'n'Roll permaneceu, ainda mais aguçado e ferino. Ele é um artista sem medo, sem esquemas comerciais e extremamente preocupado com a verdade daquilo que quer comunicar através da sua arte. Participou da Escalada do Rock e foi escolhido para tocar no Rock in Rio II (1991), ao lado de grandes nomes do Rock. Foi mais um ponto.
Agora surge um selo interessado em resgatar obras importantes para a música brasileira, o Sempre Música, que estréia já no gol, lançando a antologia A Bruxa (1986/1991), que além de trazer a histórica gravação ao vivo de Brilhar a minha estrela na época da Escalada do Rock em pleno Circo Voador, também traz treze músicas de alto teor explosivo. Rapunzel, A Gente Vai Levando, Rio de Janeura e a regravação super autêntica do Partido Alto, de Chico Buarque, são algumas das grandes faixas do CD. Vid ainda oferece duas vinhetas, que são as surpresas do disco.
O padrinho dos roqueiros bem-aventurados está de volta e ainda promete grandes novidades na sequência. O resgate de sua obra é o aperitivo. A gente, que é garoto, tem que observar o retorno de Vid, um dos poucos que vieram de uma época fértil com autenticidade e força.
Leonardo Vieira
(International Magazine/Revista Backstage)

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls