Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

“Manchete do tico-tico” conta participações de vários artistas da cidade na qual o artista encontra-se radicado como o violonista Jerônimo forzani, o baterista Ricardo de Pina e o percussionista Sandro Alves. O projeto ainda conta com Mikaell, João e Miriam Colombini; Yasmim Queiroz, Rafael Augusto Nascimento Martins, Rudah Ribeiro, Simone Silva, Elaine Nascimento Rodrigues, Leif Illuvatar e das alunas do Centro de Artes e Música Ita e Alaor, preparadas pela professora de canto Mariangela Alves da Silva ao longo dos treze temas presentes no álbum. Essas canções apresentam temas diversos tendo sempre a viola como primeiro plano como é o caso das instrumentais "Natureza do Cerrado" (de autoria do próprio Victor), o medley "Mulher Rendeira" (domínio público) e "Asa Branca" (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira) e"Liberdade erudita: Beethoven e Vivaldi".

As dez faixas restantes abordam as raízes culturais mineiras como os pontos de capitão da guarda municipal do município mineiro de São Benedito; a fauna brasileira a partir de faixas como "Sementes" (em parceira com Marta Narciso) e a parceria com de Batista com João Bá que dá título ao disco procurando enaltecer um dos pássaros mais conhecidos e estimados do Brasil. Rincões como a Serra dos Pireneus não deixa de ser lembrado em faixa de mesmo nome, além dos costumes e paisagens interioranas que no disco são representados pelos versos e melodia do cantor e compositor tocantinense Juraildes da Cruz na faixa "Vida no Campo". Os fenômenos da natureza são lembrados em "Alvorada a aurora" (parceria com Pipo Neves) e "Céu mais lindo". O disco ainda conta com uma composição de Luiz Perequê ("Orelha de pau"), uma faixa em espanhol "Solo el amor", parceria do artista mineiro com Luis Enrique Mejia Godoy e "A peleja de Aninha contra o Reino da tirania", parceria com o poeta cearense João Bosco Bonfim.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls