Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

The Presidents of The USA teve uma história de sucesso das mais inesperadas do rock de Seattle na década de 90. Ao invés de seguir o caminho do grunge, o Presidents escolheram o humor, em músicas punk curtas, simples e absurdas que por algumas vezes soavam assumidamente imbecis, contrastando com a atitude carregada de peso e emoção das bandas que marcaram Seattle.
A fórmula deu certo e o álbum de estréia do grupo vendeu mais de 2 milhões de cópias nos EUA para surpresa de muitos críticos, da indústria da música e da própria banda.

Os amigos de infância Chris Ballew (vocal, baixo) e Dave Dederer (guitarra, backing vocal) tocaram em vários grupos e projetos antes de formar o Presidents of the USA por volta de 1990.

Os dois gravaram uma demo, que começou a circular na comunidade musical de Seattle e, nesse processo, garantiu a eles um status de banda cult. O baterista Jason Finn, membro da banda Love Battery, conheceu o grupo em 1991 e acabou entrando na banda em 1993. Um ano após a entrada de Finn, o Presidents se tornou uma das bandas mais populares na cena local em Seattle.

No início de 1994, foi lançado seu álbum de estréia na gravadora independente local Pop Llama Records. O álbum se tornou um hit no underground e logo atraiu a atenção das grandes gravadoras,
com o grupo assinando contrato com a Columbia Records. O álbum foi re-lançado pela Columbia em 1995. Nessa época, Finn deixou o Love Battery para se dedicar integralmente ao Presidents.

A banda emplacou um hit no fim de 1995 quando a música "Lump" estourou na MTV e nas rádios, seguido pelos outros singles "Kitty" e "Peaches". A banda logo capitalizou seu sucesso repentino lançando seu segundo álbum já no ano seguinte. "The Presidents of The United States of America: II", em novembro de 1996, que acabou não tendo o mesmo êxito do anterior.

Em dezembro de 1997, o grupo anuncia seu final, quando Chris Ballew deixa a banda para dedicar mais tempo à família. Um show de despedida em fevereiro de 1998 e o lançamento do álbum de sobras de estúdio e músicas raras "Pure Frosting" lançado em março, marcaram o fim da banda.

Para surpresa de todos, em 2000 a banda retorna para um último álbum novo, "Freaked Out And Small", lançado pela gravadora independente Musicblitz (que hoje já fechou as portas). A banda anunciou na época que o "retorno" havia sido por diversão, e não tinham grandes planos ou expectativas. Após a divulgação do novo álbum, os integrantes do Presidents prosseguiram com seus projetos musicais sem planos para um novo retorno do Presidents of the USA.

Editar esta wiki

API Calls