Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

The Knife é um duo sueco de música eletrônica composto pelos irmãos Karin Dreijer (ex-Honey is Cool, agora Fever Ray) e Olof Dreijer (DJ Coolof e atualmente Oni Ayhun).
O duo que também é proprietário do selo Rabid Records foi formado em 1999, na Suécia e lançou cinco discos desde então. Raramente cooperam com a mídia e até 2006 não realizavam concertos ao vivo. A maior parte de suas fotos promocionais incluem os dois usando máscaras com bicos de aves, similares as tradicionais usadas no Carnaval de Veneza.

The Knife venceu o Grammis Awards na categoria melhor grupo pop em 2003, mas eles boicotaram a cerimônia mandando duas representantes do "Guerilla Girls" (grupo de feministas radicais) como forma de protesto contra o domínio masculino na indústria musical. No Grammis de 2007, o duo venceu em todas as seis categorias a que foram nomeados: Compositor do Ano, DVD do Ano, Produtor do Ano, Grupo Pop do Ano, Album do Ano e Artista do Ano. Outra vez, eles não compareceram à cerimônia de premiação.

Em 2009 The Knife compôs o libretto e a música para a ópera Tomorrow, in a Year e receberam críticas positivas. Em março de 2010 em parceria com Mt Sims e Planningtorock lançaram a versão em estúdio da ópera. A música Colouring of Pigeons está gratuitamente disponível para download no site oficial da banda. A ópera é totalmente inspirada no trabalho "A Origem das Espécies" do naturalista Charles Darwin.

Em 18 de abril de 2011, foi anunciado que The Knife estava gravando um novo álbum, inicialmente lançado em 2012, através de um post no site da dupla sobre os direitos de moradia dos romanianos em Roma. Shaking the Habitual foi anunciado oficialmente em 12 de dezembro de 2012, juntamente com um vídeo teaser postado no YouTube. O álbum foi gravado em Estocolmo e Berlim de 2010 a 2012.

Em outubro de 2012, Shannon Funchess, da dupla eletrônica baseada em Brooklyn Light Asylum, revelou em entrevistas com o Dazed & Confused e o blog de música No Conclusion que ela contribuiria com vocais para uma faixa no álbum, com letras escritas pela artista visual Emily Roysdon.

Para a obra de Shaking the Habitual, a dupla encomendou o ilustrador Liv Strömquist, com base em Malmö, para projetar um livro de quadrinhos intitulado "End Extreme Wealth" que transforma o discurso da direita sobre os pobres em sua cabeça, representando o 1% como um país empobrecido culturalmente e "outro" como um vermeiro. "Saiu da idéia:" Como usamos a área da capa de registro da melhor maneira política? ", Disse Olof Dreijer. "Trata-se de colocar o foco na riqueza extrema, em vez de a pobreza ser o problema do mundo".

Influências:
The Knife já mencionou David Lynch, Laurie Anderson (OBV), Björk, Aki Kaurismäki, cinema coreano, Trailer Park Boys, Donnie Darko, Doom e Black Hole como inspiração para seu trabalho. Além disso, Olof cita techno, grime, e Southern hip hop, enquanto Karin cita Sonic Youth, Kate Bush, dEUS, Le Tigre and Siouxsie and the Banshees.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls