Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

O baixista Leo Lyons e o guitarrista Alvin Lee formaram, em 1962, o grupo Jaybirds em Nottinghamshire, na Inglaterra. O baterista Ric Lee e o tecladista Chick Churchill entraram em seguida, e logo o grupo tornou-se o mais conhecido na cidade.

Em 1967, pensando em alcançar públicos maiores e tocar em Londres, eles decidiram mudar de nome e passaram a chamar Ten Years After. O quarteto tocava blues, jazz e rock ‘n’ roll, uma mistura que dava espaço aos solos lendários de Alvin Lee e sua guitarra.A primeira grande apresentação foi no Club Marquee, em Londres, onde começaram a fixar o nome no circuito de música na cidade.

No segundo semestre daquele ano, o Ten Years After comemorava o primeiro contrato com uma gravadora, a Deram Records. O álbum de estréia, intitulado “Ten Years After”, passou despercebido e foi somente com o segundo lançamento que a carreira do grupo decolou.“Undead” saiu em 1968 e foi o início de muito trabalho. O disco chegou nas mãos de Bill Graham, responsável pelo show do Fillmore West e East, que reuniam as revelações do rock na década de 60 e 70. O Ten Years After tocou no Fillmore e Graham ainda produziu uma turnê nos Estados Unidos para eles naquele ano. A música de seis minutos de duração “I’m Going Home” chegou nas paradas americanas e inglesas.O trabalho do grupo ganhava reconhecimento, principalmente o do guitarrista Alvin Lee, que se destacava no instrumento.

Em 1969, eles participaram do festival Woodstock, onde tocaram uma versão de nove minutos de “I’m Going Home”. Naquele ano, eles lançaram, ainda, dois álbuns, “Stonedhenge” e “Ssssh”, que chegou ao Top 20 nos Estados Unidos. O grupo ainda participou do Newport Jazz Festival, ao lado de Nina Simone e Miles Davis.Em 1970, “Cricklewood Green” foi lançado primeiro na Inglaterra e posteriormente nos Estados Unidos. A música “Love Like a Man” tornou-se um hit no país europeu.

Naquele ano, foi lançado também um documentário sobre o Woodstock, com participação do Ten Years After e o grupo continuou em ritmo alucinante de lançamentos de discos e shows de divulgação. Só nos Estados Unidos, eles fizeram mais de 20 turnês em oito anos e tocaram bastante também na Ásia e Europa.O segundo semestre de 1973 foi de descanso para o Ten Years After. Cada integrante iniciou uma carreira paralela e sobrou pouco tempo para o grupo.

A reunião aconteceu no ano seguinte para a gravação de “Positive Vibrations”, que rendeu uma turnê na Inglaterra e outra nos Estados Unidos. Com o ritmo desacelerado, não demorou muito para que o Ten Years After anunciasse seu fim em 1975. Cada um seguiu com outros projetos, Alvin Lee lançou sua carreira solo.Foi preciso uma data comemorativa para uma série de reuniões isoladas do grupo.

Em 1983, o Marquee Club completava 25 anos e o grupo tocou algumas noites nos festejos. Cinco anos depois, eles receberam uma proposta irrecusável para tocar em 4 festivais na Alemanha. Desta vez, o encontrou rendeu ainda um disco, “About Time”, seguido por uma pequena turnê na Europa e Estados Unidos.Em 1994, a comemoração era de 25 anos do Woodstock, onde o grupo gravou uma participação na coletânea do festival.

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls