Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

Strange Mercy é o terceiro álbum de estúdio da cantora e compositora norte-americana St. Vincent. Foi lançado em 12 de setembro de 2011 no Reino Unido e um dia depois nos Estados Unidos, pela gravadora 4AD. Conseguiu alcançar a 19ª posição na Billboard 200, sendo considerado como tendo a melhor posição conseguida pela artista na época. Além disso, o disco foi aclamado pela crítica especializada.

O processo de composição se deu em Seattle, quando Annie Clark passou por um experiência de isolação que, segundo ela, se deu por conta da sobrecarga de informação e da tecnologia, o que ocorreu na cidade de Nova York. A produção também contou com John Congleton, produtor musical que já havia trabalhado com Clark em seu segundo álbum, Actor.

Strange Mercy foi tido como o mais pessoal da cantora, em relação aos seus dois álbuns anteriores. A canção Chloe in the Afternoon, por exemplo, trata das dúvidas de Clark quanto à monogamia. Na faixa Cheerleader, a cantora enfatiza sobre ter independência de alguém. E ainda sobre relacionamentos, há sétima faixa, Neutered Fruit, na qual são colocados questionamentos sobre relações. A cantora também elabora letras sobre o estado de depressão pelo qual passou, utilizando da última faixa do disco, Year of the Tiger.

O álbum apareceu em diversas listas de fim de ano. A revista online Pitchfork Media o colocou como um dos 100 melhores álbuns da década em agosto de 2014. O disco aparece na lista elaborada pela revista NME, na 369ª posição dos 500 melhores álbuns de todos os tempos. A Consequence of Sound o considerou como o melhor disco de 2011.

Conta com dois videoclipes, um para a canção Cruel, lançado em 25 de agosto de 2011, e outro para Cheerleader, em 7 de fevereiro de 2012.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls