Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    12 Junho 1979 (idade 39)

  • Local de nascimento

    Stockholm, Stockholm, Suécia

Robin Miriam Carlsson, mais conhecida por seu nome artístico Robyn (Estocolmo, Suécia, 12 de junho de 1979), é uma cantora/compositora pop sueca. Robyn é uma das artistas pop provenientes da Suécia mais reconhecidas internacionalmente. Ela começou sua carreira musical em 1991. Com um contrato assinado pela RCA (uma subsidiária da BMG, que até então não havia se fundido com a Sony), gravou em 1994 seu primeiro álbum "Robyn Is Here". Foi com seu primeiro álbum que ela ficou reconhecida, ao lançar os singles "Show Me Love" e "Do You Know (What It Takes)", que não apenas fizeram grande sucesso em vários países na Europa como também atingiram o Top 10 do Hot 100 da Billboard (EUA), país onde ela se tornou bastante popular. Em 1998 lançou seu segundo álbum, "My Truth", o qual foi apontado pela própria artista como um álbum autobiográfico. O álbum teve ótimas respostas comerciais, principalmente pela crítica, que considerou o trabalho como uma evolução em sua carreira artística. "My Truth" não teve lançamento nos EUA, embora a RCA tenha tido a intenção de lançá-lo por diversas vezes, mas acreditavam que o mercado não seria muito receptivo ao estilo do álbum se as músicas não fossem regravadas e tivessem uma sonoridade que pudesse ser mais aceita pela audiência. Robyn não se sentiu confortável com isso e resolveu valorizar sua credibilidade artística e considerou que o álbum não fosse lançado sobre essas condições.

Em 2002 gravou o álbum "Don't Stop The Music", trocou de selos dentro da própria BMG, saindo da RCA e indo para a Jive Records. O álbum foi lançado na Suécia e apenas os singles foram lançados pelos outros países da Europa. Tanto a faixa título quanto a faixa "Keep This Fire Burning" foram regravados por outros artistas (Play e Beverly Knight respetivamente) e lançados pela Europa, tendo uma ótima aceitação, mostrando a força do material da artista.

Descontente com a dificuldade de promover seu próprio trabalho e na falta de administração da gravadora sobre sobre isso, resolveu se dissociar da Jive. Sua decisão foi tomada em 2005, após recusarem uma de suas novas faixas, "Who's That Girl?". Robyn, então, montou sua própria gravadora, a Konichiwa Records. Sem intenções de contratar outros artistas, a gravadora existiria única e exclusivamente para gravar e distribuir seus próprios trabalhos.

O primeiro single pela Konichiwa Records foi "Be Mine!", em 2005, e um mês depois o novo álbum, "Robyn", havia sido lançado. O álbum recebeu ótimas críticas, ganhando 3 prêmios Grammy Sueco em 2006 nas categorias Melhor Álbum, Melhor Compositora e Melhor Artista Pop Feminina. Os seguintes singles foram (o previamente recusado pela Jive) "Who's That Girl?", "Handle Me" e "Crash And Burn Girl" e o álbum se tornou muito popular na Suécia.

Em 2006, após lançar o "The Rakamonie EP" no Reino Unido seguido do single "Konichiwa Bitches" como um preview de seu recente material, o álbum foi lançado no Reino Unido em uma nova edição contendo duas faixas inéditas, o cover "Cobrastyle" e a colaboração com Kleerup, "With Every Heartbeat". O álbum teve vendas consideráveis ao ponto de esgotarem os estoques, abrindo espaço para um relançamento nesse mesmo ano.

A faixa "With Every Heartbeat" foi lançado como single no Reino Unido em 2007 e atingiu o primeiro lugar nas vendas, além de ser uma das faixas mais executadas pelas rádios. A faixa também teve boa repercusão nas rádios pop e dance dos EUA.

Robyn lançou o primeiro álbum de uma trilogia de 2010, chamado Body Talk Pt.1, em junho, tornando-se o #1. Esse é o seu primeiro álbum depois de Robyn. O single líder do álbum, "Dancing on My Own", foi liberado poucas semanas antes da liberação do álbum e tornou-se o número um mundial, trazendo para Robyn o 53º Grammy Award por Melhor Gravação Dance. Seguindo, Body Talk Pt. 2 foi liberado em 6 de setembro e o último álbum da trilogia, Body Talk, foi liberado em 22 de novembro de 2010, com o primeiro single "Indestructible".

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls