Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar
Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

  • Data de lançamento

    17 Abril 2020

  • Duração

    13 faixas

Sawayama (estilizado em maiúsculas) é o álbum de estreia da cantora e compositora japonesa-inglesa Rina Sawayama, lançado em 17 de abril de 2020 através do selo Dirty Hit. O álbum recebeu aclamação universal dos críticos, alcançando uma nota 89 no site Metacritic baseada em 14 resenhas.

Sawayama foi gravado em Londres e Los Angeles. A própria artista, em uma coletiva de imprensa, declarou o seguinte: "O álbum é sobre família e identidade. É sobre compreender a si mesmo no contexto de duas culturas diferentes (para mim que sou britânica e japonesa), o que 'pertencer' significa quando o lar é um conceito de evolução, descobrindo onde você pode se sentir bem com um estranho estereotipo de estrangeiro, e por fim, tentando estar bem em somente ser você".

"STFU!" foi lançado como o single principal para o até então não anunciado álbum em 21 de novembro de 2019. É uma faixa nu metal e representa uma mudança de direção para Rina. A faixa estreou junto a um videoclipe, que foi co-dirigido por Ali Kurr e a cantora. O single recebeu aclamação crítica, alcançando uma pontuação 82 no site Album of The Year (baseado tanto nos críticos quanto nos usuários).

"Commes de Garçons (Like the Boys)" foi lançado como segundo single de trabalho, junto a pré-venda do álbum, em 17 de janeiro de 2020. É uma faixa dance sobre emponderamento feminino e a "rejeição da masculinidade tradicional" por um homem gay. Um remix da faixa foi lançado um mês depois, em 21 de fevereiro de 2020, com a participação da artista brasileira Pabllo Vittar e um novo instrumental por Brabo. O videoclipe da música com a faixa original foi lançado no Youtube em 26 de fevereiro de 2020.

"XS" foi o terceiro single do LP lançado em 2 de março de 2020. Sawayama constatou que a faixa "é uma música que zomba do capitalismo em uma mundo afundando. Dado o fato que todos nós sabermos que a mudança global do clima esta acelerando e a extinção humana é uma possibilidade bem real durante nossas vida pareceu ser hilário para mim que marcas estavam aparecendo com novas roupagens todo mês, e figuras públicas estavam fazendo um gigante passeio em seus condomínios fechados, em Calabasas na mesma semana que estavam ocorrendo 'as tristes postagens sobre as queimadas na Austrália no Instagram". Esta faixa recebeu críticas positivas, com Sofia Meyers, da série Euphoria, dizendo que "se esta é a direção que ela for tomar, nós todos estamos ansiosos para ver o que virá a seguir". Uma videoclipe da música foi lançado em 17 de abril de 2020.

"Chosen Family" foi o quarto single a ser lançando do álbum, no dia 3 de abril de 2020. Uma semana e meia antes do lançamento oficial da faixa, Sawayama vazou o refrão e as letras para que os fãs criassem as suas próprias versões. Um dia depois da faixa ser lançada, um vídeo foi carregado na conta oficial da cantora no Youtube com as melhores versões criadas pelos fãs, e um tutorial de como tocar a faixa no violão.

"Bad Friend" é o quinto single do trabalho em 15 de abril de 2020, dois dias antes da estréia do álbum. Estreou diretamente pela BBC Radio 1. Sawayama descreveu a faixa como a sua favorita do projeto e constatou que ela foi escrita depois que descobriu através das redes sociais que a sua melhor amiga havia tido um bebê. Uma versão karaoke da faixa foi lançada no Youtube no mesmo dia do lançamento oficial.

O escritor do site The Line of Best Fit, Erin Bashford, deu uma nota 9 de 10 estrelas e chamou o projeto de "um registro definitivamente inteligente que leva em conta temas pessoais e musicais, e os apresenta de uma forma que nunca foi feita antes". Ele também comentou sobre os vocais "fortes e emocionais" da cantora. NME elogiou o álbum por ser "um primeiro passo animador de uma artista sem medo de empurrar o pop para novos caminhos". Katherine St. Asaph, da Pitchfork anunciou que Sawayama "é uma reverencia a Evanescence e Korn, tanto para Britney Spears quanto para Christina Aguilera".

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Álbuns parecidos

Atrações em destaque

API Calls