Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Anos de atividade

    1987 – até o momento (31 anos)

  • Local de fundação

    Brasília, Distrito Federal, Brasil

  • Membros

Raimundos é uma banda brasileira de e , formada na cidade de Brasília em 1987. O nome deriva de sua maior influência, o Ramones, e faz referência à origem nordestina de seus familiares. A formação original é composta por Rodolfo (vocal/guitarra), Digão (guitarra/backing vocals), Canisso (baixo) e Fred (bateria). Apesar de existir desde 1988, seu primeiro álbum - homônimo - é lançado apenas em 1994 pelo selo Banguela Records. Este álbum o Raimundos tornou-se a primeira banda a conquistar disco de ouro com um selo independente. Nascia então a marca registrada da banda: forrocóre, presente no DNA da banda até os lançamentos mais recentes.

O sucesso do primeiro disco rendeu um contrato com uma gravadora "major", a Warner. A partir de então foi sucesso atrás de sucesso, hit atrás de hit, grandes festivais, dividindo palco com nomes como Ramones, Sepultura e Iron Maiden. Em 1995 lançaram seu segundo álbum, Lavô tá Novo, que com o metal de Eu quero ver o oco e a balada-punk I saw you saying, vendeu até virar disco de platina. No fim de 1996, para o Natal, lançaram Cesta Básica: um box contendo CD, VHS e revista em quadrinhos. O VHS contava a trajetória da banda até aquele momento, com imagens de viagens e shows como o Monsters of Rock. No cd continha três músicas inéditas, dois covers, uma regravação e quatro faixas ao vivo no Hollywood Rock.

Em 1998 é lançado Lapadas do Povo, considerado álbum mais pesado da banda. Andar na Pedra, seu primeiro single, desce a ladeira e abre alas para as pancadas que viriam em seguida. Na turnê deste disco, Baile Funky abre os shows, talvez uma das músicas mais pesadas e politizadas da banda até então.

Só no forévis é lançado em 1999 e o Raimundos ganha a massa, sendo responsável pela super-exposição e consequente desgaste da banda. Enquanto Mulher de fases era cantada por pagodeiros e sertanejos, ninguém entendeu a crítica em A mais pedida. O ska de Me lambe, mais o rock-pop de Aquela contribuíram ainda mais para a popularização do grupo, figura fácil em programas de tv e rádio na época. Em Mato véio e Deixa eu falar o Raimundos volta a tocar em assuntos mais sérios, mostrando amadurecimento nas suas composições. Como maior banda de rock do país nesta altura, o Raimundos é convidado a participar da trilha sonora brasileira de Mission Impossible 2 - onde gravou a porrada Give my bullet back - figurando ao lado de nomes de peso como Metallica e Foo Fighters.

Em 2000 lançam um álbum ao vivo duplo seguido de DVD, abrindo a série "Mtv ao vivo" da emissora. Mais um sucesso de vendas, porém, com Deixa eu falar e Reggae do manero escolhidas pela gravadora na divulgação do álbum, o desgaste da banda aumentou, pois Rodolfo queria Bonita e 20 poucos anos. No final da turnê Mtv ao vivo Rodolfo deixa a banda alegando novos ideais de vida, incompatíveis com a vida no Raimundos. O então vocalista entrou para o mundo das igrejas evangélicas onde se encontra até os dias atuais, mundo este distante da realidade da banda.

Após sua saída o Raimundos lançou 2 álbuns, aparentemente para cumprir o contrato vigente com a gravadora da época: Éramos 4 (em 2001) - que conta com 10 faixas ao vivo de covers do Ramones, gravadas no show de aniversário da rádio 89, com Marky Ramone na bateria - e KavooKavala (2002), com Digão nos vocais e Marquinho (novo integrante) assumindo as guitarras. A banda tentou voltar forte, com a porrada Fique! Fique!, que não pegou. As radiofônicas Joey - que também ganhou videoclipe -, Vento Certo e Princesinha se quer foram trabalhadas. Mesmo sendo um ótimo álbum, KavooKavala foi deixado de lado pela gravadora, quase como um boicote, não tendo a atenção merecida, pois no mesmo período - e pelo mesmo motivo contratual - Rodolfo havia lançado 2 álbuns com sua nova banda - que levava seu apelido - Rodox.

Com os empecilhos que impediam o sucesso do KavooKavala e após divergências com Fred, Canisso deixou o Raimundos ainda em 2002. Após um período afastado da música foi convidado por Rodolfo para substituir Patrick Laplan, integrando o Rodox durante a turnê do seu segundo álbum. Ao fim do contrato com a gravadora, Rodox acabou, novamente por incompatibilidade de ideais entre Rodolfo e banda. Em 2006 Rodolfo lançou seu primeiro álbum solo: Santidade ao Senhor. Em 2007 lançou "Enquanto é dia", e hoje atua como pregador evangélico dando seu testemunho pelo país afora.

Para o lugar de Canisso foi chamado um velho amigo da banda: Alf, do Rumbora. Em 2005, já sem gravadora a banda formada por Digão, Marquinho, Alf e Fred, lançou um Ep virtual chamado "Ponto qualquer coisa" - com direito a 'hot site' na página da MTV, onde a banda mostra o mesmo som de sempre, mas dá um passo atrás nas letras. O trabalho rendeu o último videoclipe da banda, "Sol e lua". Sem qualquer repercussão, o Ep foi um fiasco.

No meio de 2007 a banda tem mais baixas: Alf e Fred saem simultaneamente com o retorno de Canisso, que estava tocando guitarra no Quebraqueixo. Para o lugar de Fred é chamado Caio, antigo conhecido da banda, que tocava em bandas undergrounds de Brasília, incluindo o projeto paralelo de Digão, Dr Madeira. Fred e Alf formaram a banda Supergalo, que existiu de 2006 a 2009.

Digão dedicou um período a outro um projeto paralelo - Denis e Digão, uma espécie de rock brega de viola, que rendeu um disco lançado pela Universal em 2007. Em 2008 faleceu seu Manoel, pai de Rodolfo, fazendo com que os integrantes originais se encontrassem no seu velório.

Em 2010, após forte lobby, Tico Santa Cruz (Detonautas) conseguiu espaço nos vocais da banda para apenas alguns shows, em uma espécie de estratégia caça-níqueis, onde os dois lados seriam favorecidos.

Em maio de 2011 a banda lança Roda Viva (em CD e DVD), a segunda obra ao vivo da sua discografia, gravado em um show realizado no Kazebre, em São Paulo. A tracklist celebra todas as fases da banda, conta com a inédita Jaws e Macaxeira (que houvera sido lançada apenas virtualmente no EP "Ponto qualquer coisa") e também faixas do KavooKavala, como Fique! Fique!, Mas vó, Baixo calão e a faixa título. O ponto baixo é a ausência de qualquer música do excelente Lapadas do Povo.

Em um projeto inédito no Brasil, a Deckdisc lança em 2012 "O embate do século", um split entre Raimundos e Ultraje a Rigor. O disco traz 14 faixas, onde cada banda escolheu 7 músicas da outra para gravar à sua maneira.

Em Julho de 2013, em meio às manifestações populares, a banda lança para download gratuito no site da banda, a versão demo de Politics, musica com forte teor de crítica à política praticada no país. Em agosto do mesmo ano anunciam o projeto de crowdfunding para financiamento do primeiro CD de inéditas depois de mais de uma década. O objetivo inicial do projeto era uma arrecadação de R$ 55.000,00. Nesse momento os fãs mostraram o significado do verso "É por isso que o Raimundos nunca vai se acabar" (Marujo do disco Raimundos, 1994), e ao final do prazo de dois meses de arrecadação a banda atingiu R$120.000,00, batendo em mais de 200% o objetivo inicial, bancado por mais de 1600 apoiadores. Era o impulso que faltava para recolocar o Raimundos na cena.

Em dezembro de 2013 a banda embarca para Los Angeles para gravar Cantigas de Roda, com a produção de Billy Graziadei (Biohazard), com gravação em seu estúdio pessoal, o Firewater. Em fevereiro de 2014 foi liberado o download aos apoiadores. As 12 faixas contam com diversas participações: Frango Kaos (Galinha Preta), Sen Dog (Cypress Hill), Stu Ranier (Urban Classics), Ulises Bella (Ozomatli), Sheffer Bruton, Cipriano e Billy Graziadei (Biohazard). Cantigas de Roda é forte e foi construído minuciosamente para atingir velhos e novos fans. O álbum é sucesso de crítica e público.

Como resultado a banda volta a ser procurada pelas gravadoras, onde acaba fechando com o Som Livre. Para poder atender aos fans que ficaram sem o Cantigas de Roda por ter perdido o crowdfunding, em 2014 é lançado Cantigas de Garagem, CD/DVD que conta com a tracklist do antecessor Cantigas de Roda tocado e gravado ao vivo em estúdio, além de mais cinco faixas de diferentes álbuns da banda gravados da mesma maneira.

O ano de 2015 é dedicado à turnê em comemoração de 20 anos do seu primeiro álbum, com setlist formado por votação popular através do website da banda.

Em abril de 2017 a banda lança seu álbum acústico, gravado no final de 2016 em Curitiba. O show contou com as participações de Marco Brito, Dinho Ouro Preto, Oriente, Ivete Sangalo, Alexandre Carlo e a presença mais que especial de Fred, baterista da formação original. O álbum foi bem recebido pela crítica e público e a banda segue em turnê.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls