Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Quiet Riot é uma banda de hard rock estado-unidense. Eles começaram em 1975 pelo vocalista Kevin DuBrow. A formação original era composta por Randy Rhoads (guitar), Kelli Garni (baixo) e Drew Forsyth (bateria).

Randy Rhoads e Kelly Garni moravam na Califórnia e durante quatro anos tocaram em algumas bandas pequenas. Já estavam cansados de tocar em festas na região e, em 1975, juntaram-se a dois amigos, Kevin DuBrow (vocal) e Drew Forsyth (bateria), criando, assim, o Quiet Riot, que rapidamente tornou-se um dos grupos mais ativos de rock pesado da região de Los Angeles.

Logo a Sony Record percebeu o talento do grupo e fechou um contrato para lançar dois álbuns, só que no Japão. Foram “Quiet Riot”, em 1977, e “Quiet Riot II”, em 1978. Estranhamente, os discos nunca foram lançados nos Estados Unidos. O plano para fazer a esperada turnê japonesa estava pronto, já que o disco estava bem no país, mas ele foi cancelado. Naquele mesmo ano, o grupo ainda enfrentou duas saídas, a de Kelly Garni e Randy Rhoads, que passou no teste para ser o guitarrista da banda de Ozzy Osbourne.

O grupo se dispersou e Kevin criou uma nova banda com o baterista Frankie Banali e o baixista cubano Rudy Sarzo, mas com a chegada do novo guitarrista, Carlos Cavazo, eles decidiram fazer daquela reunião a volta do Quiet Riot. O grupo fechou um contrato com a Pasha Records e lançou, em 1983, “Metal Health”. O sucesso repentino do disco surpreendeu a todos e a canção “Cum on Fell the Noize”, cover do Slade, foi direto para as paradas norte-americanas. Outra faixa importante no disco foi “Thunderbird”, uma homenagem ao guitarrista Randy Rhoads, que havia falecido em um acidente um ano antes.

“Condition Critical” saiu em 1984 e trouxe mais uma canção cover do Slade, “Mama, Weer All Crazee Now”. A crítica achou que o disco era uma cópia do anterior e o grupo enfrentou o início de uma crise. Quando recuperaram a atenção da mídia para “Quiet Riot III”, que saiu em 1986, Rudy Sarzo abandonou o grupo e foi substituído por Chuck Wright. O álbum foi um fracasso e a turnê resultou em mais baixa para o Quiet Riot. Kevin DuBrow largou o grupo no Hawaii, onde tinha feito o último show da turnê e pegou um vôo mais cedo. Os conflitos internos ainda resultaram na saída de Chuck.

Foram dois anos para se recuperar de tanta saída e colocar mais um álbum nas lojas, “Quiet Riot”. A nova formação ficou completa com a entrada de Sean Mcnabb, no baixo e Paulo Shortino, no vocal. A turnê do disco estava pronta e o que parecia ser um promissor recomeço, foi apenas um pequeno suspiro. Os ex-integrantes Carlos e Frankie moveram uma ação que proibiu o grupo de usar o nome de Quiet Riot e eles pararam de tocar.

A reconciliação só aconteceu em 1993, mesmo assim, só com parte da banda. Kevin, Carlos e Frankie lançaram “Terrified”, que não chegou a fazer sucesso. Eles tentaram melhorar a imagem com outro lançamento no mesmo ano, “Randy Rhoads Years”, que continha gravações do começo do grupo com o guitarrista, o que também não funcionou. Sem desistir, o Quiet Riot colocou no mercado, dois anos depois, “Down to the Bone”, que também não emplacou.

Para o Quiet Riot voltar a se destacar foi preciso engolir os sapos do passado. Kevin DuBrow, Carlos Cavazo, Rudy Sarzo e Frankie Banali se reuniram novamente em 1997 e saíram em turnê mundial no ano seguinte, na qual foi gravado o disco “Alive & Well”, em 1999. Um trabalho inédito só foi lançado em 2001, “Guilty Pleasures”. Em 2003, DuBrow deu início ao um novo projeto e a banda encerrou suas atividades mais uma vez.

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls