Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Public Enemy, também conhecido PE, é um grupo de hip hop conhecido pelas suas letras de temática política, pelas suas críticas à mídia e pelo seu ativismo nas causas da comunidade negra dos EUA.
Estudante de design gráfico e fã de hip hop, Chuck D cria o Public Enemy em 1982. Seu objetivo com o grupo eram dois: modernizar as bases e batidas do rap e levar para o gênero as discussões políticas e sociais dos EUA. A banda conta com Terminator X., Professor Griff e Flavor Flav. Em 1987, o Public Enemy lança seu primeiro álbum, Yo! Bum Rush the Show. No ano seguinte, aparecem com It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back. Com os sucessos "Don't Believe the Hype" e "Rebel without a Pause", o disco é sucesso de crítica e faz do Public Enemy uma megabanda além dos limites do hip hop. Com "Fight de Power", presente na trilha de Faça a Coisa Certa (89), de Spike Lee, o Public Enemy ataca ídolos brancos, como John Wayne e Elvis Presley (o grupo depois iria amenizar essas críticas). No mesmo ano, Professor Griff é expulso da banda após supostas declarações anti-semitas dadas ao jornal The Washington Post.- Mas a banda continuaria a conservar sucesso de crítica e público com Fear of a Black Planet (90) e Apocalypse 91… The Enemy Strikes Black (91). Em 1992, causam polêmica com o clipe "By the Time I Get to Arizona", que protestava contra o Arizona, um dos dois estados dos EUA que não consideravam feriado a data de aniversário do líder negro Martin Luther King (1929-68). A partir daí, a banda entrou em recesso criativo, lançando álbuns irregulares, o melhor deles sendo He Got Game (98). O grupo esteve no Brasil em 1991, em show histórico no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Chuck D e turma estavam no auge, após os lançamentos dos essenciais It Takes a Nation of Millions to Hold us Back (88) e Fear of a Black Planet (90).

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

API Calls