Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

Animals é o décimo álbum de estúdio da banda inglesa de rock progressivo Pink Floyd, lançado em janeiro de 1977. Seguindo a linha dos álbuns anteriores, "The Dark Side of the Moon" e "Wish You Were Here", este também é um álbum conceitual, que faz críticas às condições político-sociais da Inglaterra dos anos 70, além de apresentar uma notável mudança no estilo musical do grupo. Animals foi gravado nos estúdios da banda, Britannia Row Studios, em Londres e a sua produção foi marcada pelos primeiros sinais de discórdia que, posteriormente, culminariam na saída do tecladista Richard Wright da banda. A capa do álbum, um porco sobrevoando entre duas chaminés da Usina Termelétrica de Battersea, foi desenvolvida pelo baixista e letrista Roger Waters, em conjunto com Storm Thorgerson e a Agência Hipgnosis, colaborador de longa data do grupo.

O álbum foi lançado com críticas geralmente positivas no Reino Unido, onde atingiu a segunda posição da parada musical local. Também foi bem-sucedido nos Estados Unidos, atingindo a terceira posição na Billboard e, embora tivesse ficado apenas seis meses nas paradas norte-americanas, as suas vendas lhe renderam uma certificação quádrupla de disco de platina, pela Associação da Indústria de Gravação da América. O tamanho dos locais em que a banda tocou na turnê In the Flesh e num incidente em que Waters cuspiu num fã, foram os principais catalisadores para que o baixista desenvolvesse "The Wall", o álbum subsequente da banda.

Na Grã-Bretanha, 1976 foi um período dominado pela indústria, violência racial, alta inflação e desemprego. Durante este período, um novo movimento musical conhecido como , que em parte é uma declaração niilista contra as condições sociais da maioria e também uma reação à complacência geral e nostalgia que arrodeava o rock, começava a crescer em popularidade. O Pink Floyd era um alvo óbvio para os músicos deste novo movimento, notavelmente quando Johnny Rotten vestiu uma camisa dos Pink Floyd em que ele acrescentou "I HATE" (eu odeio) antecedendo o nome da banda. Mason declarou mais tarde que recebeu bem a "revolta do punk rock", e viu isso como um regresso à cena londrina underground em que o Pink Floyd tinha crescido. Em 1977 ele produziu o segundo álbum dos The Damned, Music For Pleasure, nos Britannia Row Studios.

Embora Waters pudesse ser contra o novo movimento, as suas preocupações sobre a desigualdade, o preconceito e as atitudes sociais e políticas da época não estavam muito longe do que expressavam as novas bandas. O disco é baseado no livro Animal Farm (A Revolução dos Bichos), de George Orwell, em que equipara os humanos a cada um dos três animais do livro: os cães são usados para representarem os homens da lei (KGB); os porcos os políticos corruptos e moralistas; e as ovelhas, que sem pensamento próprio, cegamente seguem um líder. Enquanto o romance concentra-se no comunismo, o álbum é uma crítica direta ao estado e, embora ambos defendam os ideais do socialismo democrático, o álbum têm de diferenças com o livro que a ovelha se rebele e domine os seus opressores.

No livro biográfico do Pink Floyd, 'Comfortably Numb (2008)', o escritor Mark Blake argumenta que a canção "Dogs" é uma das melhores obras de David Gilmour, e que o seu desempenho é "explosivo". A canção contém uma significativa contribuição do pianista Richard Wright, que faz sons fúnebres usando sintetizadores usados ​​no álbum anterior da banda, Wish You Were Here. "Pigs (Three Different Ones)" tem melodias semelhante a "Have a Cigar", coberto por guitarra blues de Gilmour, e referências a defensores da censura (e um dos porcos no álbum) Mary Whitehouse são evidentes na letra. "Sheep" contém uma versão modificada do Salmo 23, onde um Senhor que "Faz-me pendurar em lugares altos e converte-me a costeletas de cordeiro" (referindo-se as ovelhas do título) é celebrado. No final da canção, as ovelhas rebelam-se e matam os cães, mas, em seguida, retiram-se para suas casas. O álbum termina com "Pigs on the Wing (Part Two)", uma simples canção de amor, em que ele vê um vislumbre de esperança, apesar da raiva expressa nas outras três canções do álbum. A música é fortemente influenciada pela relação de Waters com a então sua namorada.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls