Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar
Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Catende, Pernambuco, Brasil (1994 - até o momento)

Marcos Phílipe Mendes do Nascimento, artisticamente conhecido como Phílipe Mendes, é um cantor, compositor e ator pernambucano de 25 anos. Nascido em Catende, mata sul Pernambucana, Phílipe começou a compor com 12 anos de idade, assim como a participar de corais, teatro e grupos de dança popular de sua região.

Em 2014 com 20 de idade escreveu uma musica para o espetáculo cultural da cidade de Catende que homenageava Dominguinhos, Marinês, Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro. Ainda no mesmo ano se mudou pra cidade do Recife onde estudou teatro na Escola Municipal de Artes João Pernambuco. Em 2015 lançou sua primeira música de trabalho chamada ''Por Que?'', música esta que faria parte do disco de estréia que se chamaria ''Atos'' mas por questões financeiras não foi finalizado, contendo apenas algumas demos gravadas.

Em 2016 Phílipe Mendes tornou a fazer outra canção para um espetáculo cultural catendense e fechou contrato para no ano seguinte ser o projetista do novo espetáculo, que contava com 90% de canções, toda criação de história e roteiro assinada por ele. No mesmo ano participou de um concurso musical na cidade de Caruaru, onde concorria com 200 participantes, era avaliado por 8 jurados em 4 etapas, na final, se consagrou o grande campeão com os 4 votos dos jurados e mais 250 mil votos do público. Já em 2017 Phílipe lançou sua primeira obra debut chamada ''Aleatório- Work Tape'' que contém 8 faixas, cada uma com um gênero musical diferente que passeava de Pop, New Wave ao Baião e Samba.

Em 2018 compôs duas musicas para um espetáculo cultural (Quadrilha Junina) da cidade do Recife e lançou ''MAIS'' como material bônus para seus fãs. Em Janeiro de 2019 lançou a canção ''Telefonema'' explorando assim o seu lado mais comercial, participando de um dos grandes bailes carnavalescos da cidade do Recife, o Baile dos Bailarinos. A partir daí foi convidado para entregar a coordenação de um dos maiores grupos culturais da cidade de Camaragibe (Zabumba) e regravou uma das canções de Gilberto Gil, ''Minha Princesa'', para o Espetáculo "Fábrica de Xilo" da Quadrilha Junina Raio de Sol, onde também fez parte como integrante do corpo de balé popular.

Agora em 2019, Phílipe Mendes trabalha com a divulgação de seu mais recente trabalho lançado em 20 de Setembro o ''Ouve-Me'', EP que tem 8 faixas misturando canções e poemas que conversam com os ouvintes, falando sobre questões sociais, temas políticos, assuntos pessoais e romance.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Features

API Calls