Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    8 Setembro 1979 (idade 39)

  • Local de nascimento

    Doylestown, Bucks County, Pennsylvania, Estados Unidos

P!nk, nome artístico de Alecia Moore, (Pensilvânia, Estados Unidos, 8 de Setembro de 1979) é uma cantora de pop/rock que já vendeu mais de 50 milhões de álbuns e 70 milhões de singles pelo mundo.

Nascida na Filadélfia e filha de um ex-combatente do Vietnã, distribuiu comida para os moradores de rua, trabalhou em redes de fast food, ganhou dinheiro andando de skate e cantou em corais de igrejas antes de alcançar a fama. Nasceu no meio de uma família musical, e aos treze anos já dançava, além de participar como cantora de apoio de espétaculos em sua cidade. No ano seguinte, um DJ local permitiu que ela cantasse uma música a cada sexta-feira, no palco. Em uma dessas noites, foi vista por um executivo da gravadora MCA, que a levou, inicialmente para um grupo de R&B chamado Basic Instinc, e depois para outro, feminino, The Choice. As experiências não deram certo, mas P!nk impressionou os chefões da gravadora, como o lendário Babyface.

Engana-se quem pensa que esse nome surgiu depois que a cantora tingiu os cabelos. Na verdade, o apelido nasceu na infância, já que era uma garota envergonhada e ficava rosada com as brincadeiras dos amigos, mas a escolha definitiva do nome artístico só aconteceu depois do filme de Quentin Tarantino “Cães de Aluguel”, que tinha um personagem chamado Mr. Pink, com o qual a cantora se identificou.

2000-2001: Can't Take Me Home

Seu disco de estréia, Can't Take Me Home, foi lançado em 2000 e ultrapassou os dois milhões de cópias, enquanto P!nk viajava como ato de abertura dos shows do N'sync e emplacava sucessos como "There U go", "Most Girls" e "You Make Me Sick". Logo, porém, ela cansou do cerceamento imposto pelo universo teen pop e resolveu se assumir como adulta antes de gravar o segundo disco.

Nesse interim, participou da versão do clássico setentista "Lady Marmalade", gravada para o filme "Moulin Rouge", ao lado de Christina Aguilera, Mya e Lil' Kim.

Pink aproveitou o sucesso da canção e do single "Get This Party Started" para lançar seu segundo disco, M!ssundaztood, que trazia mais personalidade e contribuições de roqueiros como Linda Perry (ex-4 Non Blondes), Steven Tyler, do Aerosmith, e Richie Sambora, do Bon Jovi. Era claro o caminho que ela queria seguir.

2001-2002: M!ssundaztood

O lançamento de “M!ssundaztood”, em 2001, trouxe uma Pink mais diversificada. As músicas variaram entre românticas e introspectivas. A primeira canção de trabalho, “Get This Party Started”, alcançou o quarto lugar das paradas. Com participações de Steven Tyler, Richie Sambora e de Linda Perry, que compôs algumas músicas, o CD estourou em todo mundo, vendeu mais de doze milhões de cópias e foi disco de ouro no Brasil com mais de 50 mil cópias vendidas.

2003-2004: Try This

O sucesso continuou forte, ajudado por uma campanha publicitária ao lado de Britney Spears e Beyoncé. Mais confiante, ela lançou "Try This" em 2003, apostando na experimentação e em seu próprio talento. Novamente Linda Perry participou do disco, compondo e produzindo, assim como o punk Tim Armstrong, do grupo Rancid. O disco não vendeu tanto quanto o anterior, porém reafirmou P!nk no posto de cantora e compositora a sério.

2006: I'm Not Dead

Em 2006, vencedora de vários Grammys, lança seu quarto álbum, I'm Not Dead, considerado pelos fãs uma evolução estilística. Embora o álbum esteja repleto de funks que são a sua marca, I'm Not Dead também revela o lado rock and roll da artista. O primeiro vídeo do álbum, Stupid Girls, é assinado pelo diretor Dave Meyers. O videoclipe ataca a cultura pop, satirizando o estilo de vida que foca a auto-imagem como fator preponderante.

O segundo single, Who Knew, traz a situação de amar uma pessoa que faz promessas e nunca as cumpre. O clipe retrata o drama de uma garota que sofre com o vício em drogas injetáveis de seu namorado. Já o clipe de U + Ur Hand, como Stupid Girls, é uma manifestação feminista.

O quarto single é Nobody Knows.

Exibido na MTV, o clipe de sua música com as Indigo Girls, Dear Mr. President foi tirado do DVD I'm Not Dead. Ainda deste mesmo DVD, ela retirou mais dois singles promocionais, Leave me Alone (I'm Lonely) e 'Cuz I Can, sendo que o último foi lançado somente na Austrália. O single Dear Mr. President foi lançado apenas fora dos EUA pois a letra contém críticas ao presidente e decidiu-se evitar a polêmica.

P!nk foi a produtora executiva do álbum, a sua produtora e compôs todas as canções, junto com ela está um grupo de colaboradores: o produtor e compositor Billy Mann, Max Martin e Luke Gottwald, assim como o cantor e compositor Butch Walker, Mike Elizondo e a dupla Indigo Girls.

Recentemente, casou-se com o namorado de longa data, o piloto de motocross Carey Hart, numa cerimônia pequena e discreta na Costa Rica.

2008-2009 Funhouse

Grande sucesso nas paradas mais bombadas do mundo (Top 100, Top 5, Pop 100 EUA, etc), além do sucesso com o publico, o álbum recebeu em sua maioria críticas positivas. O álbum ganhou 3 nomeações ao grammy e 5 nomeações ao VMA. O álbum estreou em primeiro lugar em vários países. A turnê, Funhouse Tour, foi muito bem sucedida, se tornado uma das maiores turnês de uma artista feminina da história da música, fazendo P!nk a artista internacional mais bem sucedida na Austrália, a bilheteira dos shows foram esgotadas em vários países. Um ano depois, P!nk promoveu outra turnê, desta vez a Summer Carnival Tour, uma versão carnavalesca da Funhouse Tour.

Os singles "So What", "Sober" e outros ajudaram P!nk a subir mais nas paradas, atingindo um sucesso incrível.

2010-2011 Greatest Hits…So Far!!!

Em novembro de 2010, P!nk lançou uma coletânea com seus grandes sucessos para comemorar seus 10 anos de carreira, na coletânea, foi incluídos os hits "Raise Your Glass", que chegou aos topos das paradas dos EUA e Austrália, e "Fuckin' Perfect" que teve bom desempenho nas paradas musicais do mundo, também foi incluída a música "Heartbreak Down", que fez sucesso na Europa. O álbum estreou em 14 na Billboard 200 e chegou a 5 com o decorrer do tempo.

2012-2013: The Truth About Love

Atualmente P!nk lançou o seu sexto álbum de estúdio The Truth About Love, lançado no Brasil dia 18 de setembro de 2012, trazendo o single Blow Me (One Last Kiss) e marcando também mais uma parceria com os produtores Greg Kurstin e Max Martin, conta com colaborações de Lily Allen e também com o rapper Eminem pela segunda vez.

Após o segundo single, Try, de enorme sucesso nas paradas e nas rádios, P!nk lançou o terceiro, Just Give Me a Reason, em parceria com o vocalista da banda fun. que também vem fazendo sucesso, Nate Ruess. O single bombou no Youtube e fez um enorme sucesso nas paradas musicais (inclusive na Billboard), algo imenso e grandioso para um terceiro single, que conseguiu mais sucesso do que os outros dois anteriores.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls