Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

Pretty Hate Machine é o álbum de estreia e o segundo lançamento oficial da banda Nine Inch Nails, lançado em 1989.
Trabalhando noites no Right Track Studio como faz tudo e zelador, Trent Reznor usava o estúdio em tempo ocioso para gravar e desenvolver suas próprias músicas. Tocando ele mesmo a maior parte dos teclados, máquinas de bateria, guitarras e samplers, ele gravou uma demo.
Juntando-se ao empresário John A. Malm, Jr. eles enviaram a demo para várias gravadoras, recebendo propostas sérias de muitas delas.
Pretty Hate Machine foi então gravado em vários estúdios pelo mundo, com Reznor colaborando com alguns de seus mais idolatrados produtores, Flood, Keith LeBlanc, Adrian Sherwood e John Fryer.
O álbum, cujo título original "Industrial Nation" não foi aceito pela gravadora, foi lançado em 20 de Outubro de 1989 e se tornou um sucesso de crítica e público. Recebeu divulgação nas rádios pelos singles "Down in It", "Head Like a Hole" e "Sin". O álbum também ganhou popularidade através das pessoas que indicavam o álbum e acabaram por desenvolver uma grande reputação no underground. Reznor rapidamente contratou uma banda para sair em turnê com The Jesus and Mary Chain, incluindo o guitarrista e futuro líder da banda Filter, Richard Patrick. Os shows ao vivo do NIN eram conhecidos por conter versões mais altas e agressivas das canções do álbum, e também pela destruição de instrumentos no fim do show. Reznor preferia usar os saltos de suas botas para arrancar as teclas dos teclados.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls