Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    20 Setembro 1979 (idade 39)

  • Local de nascimento

    São Paulo, São Paulo, Brasil

Megh Stock (anteriormente conhecida como banda Luxúria)

Megh teve seu primeiro contato com a música cedo, através do pai, Ivan, que toca violão. Durante a infância, costumava trancar-se na sala antes de todos acordarem para imitar as performances de Madonna e da muppet Miss Piggy. Mas até que optasse pela música como direcionamento artístico profissional, tomou outros rumos. Ainda menina, começou a fazer aulas de balé e dança moderna, chegando a tornar-se professora, participar de festivais pelo país e ser premiada internacionalmente. Contudo, largou a atividade aos dezenove anos, quando ficou grávida de seu primeiro filho. Vinícius, hoje com dez anos, é portador de necessidades especiais devido a uma falta de oxigenação no cérebro sofrida durante o trabalho de parto, que durou treze horas. O pai da criança morreu de câncer em meados de 2006.

Durante o período conturbado após ter se tornado mãe, Meg fez da confecção de bombons e cestas de café da manhã o seu ganha-pão, e tornou-se fanática adepta Hare Krishna, chegando a usar roupas monásticas e vender livros nas ruas de São Paulo. Após ter sido lacto-vegetariana por cinco anos devido à religião, a cantora diz ter "desfanatizado" e carregar atualmente somente a bandeira contra o preconceito; mas ainda pratica hábitos correlatos, como a ioga, e se declara simpatizante da filosofia. Nesse mesmo período, o amigo e violonista Fabiano Whyte (um dos parceiros de Megh na composição da música "Dura Feito Aço", presente no repertório do Luxúria), chamou-a para cumprir algumas datas agendadas cantando MPB em bares, já que sua irmã, cantora-acompanhante, havia virado evangélica e largado a música abruptamente. Meg não cantava profissionalmente na época, mas tocou o projeto violão-e-voz por cerca de três anos e resolveu fazer da música seu meio de vida. Foi quando reencontrou o baixista e amigo de adolescência Luciano Dragão, que a chamou para integrar a banda que estava montando, chamada "Roda Gigante". Pouco depois, com uma nova formação, o grupo tornou-se "Boneca Inflável" (incluindo o baterista Guilherme Cersosimo, ex-Viper e ex-Toy Shop), e a dupla Meg-Dragão começou a compor freneticamente o repertório que viria a se tornar o primeiro disco do Luxúria. A maioria das canções da banda divide-se entre a parceria entre os dois e as músicas compostas somente pela vocalista.

Começaram a se apresentar em grandes festivais pelo Brasil, como o MADA, em Natal, o GO Music, em Goiânia e o Ceará Music, em Fortaleza, e, apenas dois meses depois da troca do nome da banda para Luxúria, fizeram sua notória apresentação no Porão do Rock, em Brasília, que angariou fãs por todo o país e chamou a atenção da mídia musical. Muito devido à grande presença de palco de Meg, que apresentava então cabelos pintados de azul (é loira natural), grandes tatuagens pelo corpo e exibia sua ousada lingerie vermelha por debaixo do vestido, que levantava a todo momento. Ainda circularam pelo Rio de Janeiro e, após uma apresentação na cidade de Caraguatatuba, interior de São Paulo, foram contratados pela equipe de produção da baiana Pitty, ao abrir um show da cantora. Não demorou muito até começarem a gravar o primeiro disco de forma independente, inclusive morando no estúdio para reduzir custos. O produtor era o próprio irmão do baterista, Mauricio Cersosimo. Com o álbum concluído e mixado em Nova Iorque pelo engenheiro de som Ron Allaire (amigo de Cersosimo e que já trabalhou com artistas como Pantera, Ramones e Avril Lavigne), foram contratados pela gravadora Sony BMG e o trabalho foi lançado nacionalmente. A primeira música de trabalho, "Ódio", tornou-se hit e passou a integrar a trilha sonora do "folheteen" Malhação, exibido pela Rede Globo. O single seguinte, "Imperecível", escrito pela cantora para o pai de seu filho, conseguiu conquistar a parada dos dez mais diários da MTV e vem tendo boa recepção por parte do público. Megh Stock (Ex-vocalista da banda Luxúria) segue carreira solo desde 2009. Em "Minha mente está em seu caos", último álbum da cantora, lançado em dezembro de 2011 pelo selo independente Oversonic Music, a artista prossegue uma evolução simétrica do bom trabalho revelado em seu primeiro disco solo, "Da minha vida cuido eu", lançado em 2009 pela EMI. O álbum não afronta os antigos fãs da cantora, revelada ao público nacional pela banda Luxúria, lançada pela produtora de Pitty e Marcelo D2, e nem é capaz de desapontar quem a ouve pela primeira vez. Isso porque ele carrega "aquele" elemento subjetivo que nos faz saber "esta música é de fulano", mesmo quando a ouve pela primeira vez.

Sobre o inicio da banda Luxúria:

Os integrantes Megh Stock e Luciano Dragão se conheceram em Jacareí interior de São Paulo, Dragão chamou Meg para participar de uma banda que ele estava montando, Boneca Inflável, que conseguiu um maior destaque após abrir um concerto da banda Pitty. Mudaram o nome para Luxúria e começaram a figurar nos maiores festivais do país.
No ano de 2007, tiveram a oportunidade de abrir três dos quatro concertos da banda Evanescence em sua passagem pelo Brasil. Eles fizeram parte da trilha sonora da novela adolescente Malhação com as canções Lama e Ódio, em 2006 e 2007.
Em 2009, como a mudança do nome da banda para Megh Stock, nome da própria vocalista, eles modificaram um pouco o seu estilo musical, utilizando desta vez o e o misturado com o . Ainda em 2009, sua música Inveja se tornou tema da vilã Veridiana, em Malhação.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls