Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    19 Fevereiro 1986 (idade 32)

Maria Viktoria Mena, nascida em 19 de fevereiro de 1986, é uma cantora e compositora norueguesa de pop rock, filha de uma mãe dramaturga e de um pai baterista. Seu pai tocou em várias bandas em Oslo, o que influenciou Maria Mena a escrever e gravar sua própria música. Quando Mena tinha nove anos de idade, seus pais se divorciaram. Ela sofreu de depressão e desenvolveu um distúrbio alimentar. Aos 13 anos, ela mudou-se para viver com seu pai. Ela cantava e escrevia letras como uma forma de auto-conforto. "My Lullaby", uma canção do diário de Mena, expressa sua dor pelo divórcio de seus pais. Depois de conversar com seu pai para fazer uma demo, ele contatou alguns conhecidos na indústria da música para gravar a musica. Ao apresentar a demo de sua filha para várias gravadoras, a Sony Music assinou contrato com Maria Mena.

Em 2002, ela lançou seu primeiro single na Noruega chamado "Fragile (Free)". No entanto, não conseguiu boa posição entre as mais ouvidas. "My Lullaby" foi lançado como segundo single a música e chegou ao 5º lugar nas paradas norueguesas. A jovem cantora rapidamente ganhou fãs e logo ganhou seu primeiro disco de platina. Depois do sucesso de "My Lullaby", ela lançou seu álbum de estreia na Noruega, "Another Phase", que alcançou a posição 6ª na parada de álbuns norueguesa.

Em 20 de julho de 2004, Maria Mena fez uma aparição no The Late Show with David Letterman para promover seu primeiro álbum internacional, White Turns Blue, que estreou na primeira posição na Billboard Top Heatseekers, e 102º lugar na Billboard 200. Ela estreou nas paradas de singles no mundo inteiro naquele ano com "You're the Only One", um sucesso em vários países. A canção foi seu único single a aparecer na Billboard Chart, chegando à posição 25ª no Top 40 Mainstream dos EUA. "You're the Only One" alcançou a posição 30ª no Top 40 neerlandês e 19ª no Top 100 mega neerlandês. Dois meses antes, em março de 2004, Mena havia lançado seu segundo álbum na Noruega, Mellow. O disco teve menos sucesso do que a sua estreia de 2002, mas ainda alcançou o 7º lugar na Noruega. O segundo single de ambos os álbuns foi "Just a Little Bit", que foi um fracasso comercial, não conseguindo aparecer em lista alguma.

Em 2005 foi a vez do lançamento de Apparently Unaffected na Noruega e vários outros países europeus, liderada pelos singles "Miss You Love", e "Just Hold Me". Com um sucesso significativo na Noruega, o álbum lhe rendeu três indicações ao Prêmio Spellemann de Melhor Artista Feminina, Melhor Hit, e Melhor Vídeo Musical. Na Holanda, o álbum foi lançado em junho de 2006 e alcançou o 82º lugar. Lentamente, Apparently Unaffected alcançou a sua posição de pico em sua 27ª semana em 11º lugar com "Just Hold Me". "Just Hold Me" foi lançado em maio de 2006. Em outubro de 2006, a música começou a ficar famosa novamente, e desta vez, ela conseguiu alcançar o Top 40 holandês na posição 26ª. No Top Mega Único 100, alcançou a posição 7ª, no início de novembro de 2006. Mena realizou shows, que tiveram ingressos esgotados em Utrecht e Amesterdã, seguindo o sucesso de "Just Hold Me". O álbum foi em 48º lugar no chart de fim de ano Holandês, superando grandes artistas como P!nk, Nelly Furtado, e Beyoncé. "Just Hold Me" foi lançado como segundo single do álbum na Holanda e alcançou 61º lugar no Top Singles Mega 100.

Tendo trabalhado em seus três álbuns de estúdio pela primeira vez com o produtor norueguês Arvid Solvang, Mena começou a colaborar com Martin Sjølie no início de 2008 no que se tornaria seu quarto álbum de estúdio, Cause and Effect. O primeiro single do álbum, "Belly Up", teve a sua estreia na rádio em meados de Junho de 2008, na Noruega. Cause and Effect foi lançado em 17 de setembro na Noruega. O primeiro single internacional foi "All This Time (Pick-Me-Up Song)"com o álbum lançado internacionalmente em 26 de setembro de 2008. Este álbum rendeu a ela um Prêmio Spellemann de Melhor Artista Feminina.

A musica de Maria Mena "Sorry" foi destaque na terceira temporada do So You Think You Can Dance dos Estados Unidos e "What's Another Day" foi destaque durante a quarta temporada. Ela lançou "All This Time" no Reino Unido em 11 de abril de 2010.

Em 2011, Mena gravou uma versão de "Mitt Lille Land" (My Country Little) por Ole Paus como parte de um projeto do canal de TV norueguesa TV2. Em 23 de julho, um dia após os ataques terroristas a Noruega, e depois de pedidos de seu público norueguês, Mena enviou sua versão da canção para o site SoundCloud. Rapidamente a música se tornou um hino em memória das vítimas dos ataques. E, em 23 de setembro de 2011, lançou um novo álbum, intitulado com seu segundo nome: Viktoria.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls