Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

Quase quatro anos após o lançamento do Hard Candy, Madonna retorna ao cenário musical com o MDNA, lançado em 26 de março de 2012. Os detalhes sobre a gravação foram escassos nos meses que precederam o lançamento. Uma série de colaboradores foram mencionados em meio de boatos, e que, efetivamente acabou por ser o álbum de Madonna com o maior número de colaboradores. Só no final de 2011, confirmou-se que Madonna trabalhava com o produtor francês DJ Martin Solveig. Madonna se reuniu com William Orbit, que trabalhou pela última vez com ela a mais de uma década no álbum Music. Benny Benassi, que é responsável pela versão do vídeo de Celebration, pessoalmente, negou qualquer envolvimento, mas no final, a par com o seu primo Alle Benassi, sua contribuição para o álbum foi confirmada. Hardy Indiigo Muanza e Michael Malih produziram a música Superstar, enquanto Jean Baptiste Kouame, o "hitmaker", também deu uma mão para a gravação. A The Demolition Crew, liderada por Demacio Demo Castellon (que já tinha feito parte da equipe de Timbaland no álbum anterior), co-produziu várias faixas também.
No Globo de Ouro de 2012, Madonna disse sobre o processo: "Eu amo o som (de Solveig). É realmente fresco, não soa como qualquer outro. Ele é brilhante e talentoso, eu diria que sua música é feliz e coloca um sorriso no seu rosto e minha gravação faz isso também. E eu colaborei novamente com William Orbit, que tende a tornar-me mais introspectiva. Suas canções tendem a ser… Eu não quero dizer escuro, mas mais pensativas e introspectivas. Então, sim, é uma boa combinação da luz e da escuridão. "
Martin Solveig também discutiu o envolvimento de Madonna no processo de gravação: "Ela é tão envolvida quanto você pode estar no processo de gravação. Isso foi um muito bom e uma grande surpresa para mim que estava pensando que ela passaria apenas uma ou duas horas no estúdio por dia e ia vir e ver onde estávamos e dizer: 'Ok, eu gosto disso, eu não gosto disso. Eu vou cantar isso. Bye!' E absolutamente não… Dizer que co-produzimos a faixa não está apenas escrito nos créditos, 'co-produzido por Martin Solveig e Madonna', literalmente, co-produzimos as faixas. Quero dizer, em algum momento ela queria escolher o som de um tambor ou não, esse tipo de coisa. Ela estava realmente na sessão! "
As cantoras Nicki Minaj e M.I.A. compartilharam seus vocais em algumas das faixas do álbum. Elas estão no primeiro single "Give Me All Your Luvin'", uma música "líder de torcida" que estreou em 03 de fevereiro (o vídeo também), apenas 2 dias antes de ser apresentada ao vivo no Super Bowl XLVI Halftime Show. Madonna, Nicki & M.I.A. apresentaram a faixa em uma grande coreografia por Jamie King e Cirque du Soleil. A versão demo de Give Me All Seu Luvin' sem os vocais de Minaj e M.I.A. vazou na internet no início de novembro de 2011, que levou a uma investigação completa e a prisão de um fã espanhol. O segundo single Girl Gone Wild, uma das colaborações de Benassi, foi lançada no iTunes no dia 1 de março de 2012. Foi a primeira vez que um segundo single foi lançado antes do álbum em si. Em agosto de 2012, quando ela estava em turnê pela Europa com a MDNA Tour, Madonna lançou um terceiro e último single, Turn Up The Radio. Enquanto o 2º e 3º não entraram na parada principal da Billboard, ambos ficaram no topo da parada Billboard Hot Dance.
Madonna também escreveu uma balada para os créditos finais de seu filme "WE", que é intitulada "Masterpiece" e é co-produzida por William Orbit. Vazou na internet no início de dezembro de 2011, a canção aparece tanto na trilha sonora do filme como no álbum MDNA. A canção foi premiada com um Globo de Ouro de Melhor Canção Original.
MDNA foi disponibilizado em duas versões principais. O Standard Edition, que apresenta 12 faixas. E Deluxe Edition, com uma capa diferente, acrescentada de mais 4 músicas, e o Party Rock Remix de Give Me All Your Luvin ', chegando a um total de 17 faixas. A versão física do Deluxe Edition vem como uma caixa com 2 CDs, um com as faixas bônus que caracterizam no segundo disco. Devido as música "Gang Bang" e "I Fucked Up", o álbum recebeu uma etiqueta de letras explícitas. Uma versão "clean" sem Gang bang também foi disponíbilizada. A "Clen Walmart Deluxe Edition" omitiu ambas as faixas explícitas, e acrescentou o Laidback Luke Remix de "Give Me All Your Luin'". Uma versão acústica de "Love Spent" é contida como uma faixa bônus no iTunes Deluxe Edition.
O álbum tornou-se disponível para pré-venda no iTunes em 03 de fevereiro de 2012. Dentro de 48 horas, foi em #1 na parada de álbuns do iTunes de todo o mundo. Quando lançado, o álbum alcançou a posição #1 no Reino Unido (dando-lhe o mérido de artista solo com mais álbuns #1 no Reino Unido, sendo seu 12º álbum), Austrália, Bélgica, Canadá, Finlândia, Alemanha, Hungria, Irlanda, Itália, Holanda, Espanha, Suécia e Turquia. Nos EUA, Madonna teve seu segundo maior volume de vendas de estréia desde 1991, com 359 mil cópias vendidas, graças as pré-encomendas durante o fim de semana do Super Bowl e os resgates dos ingressos do show que continham o preço do álbum. É 8ª #1 álbum de Madonna nos EUA, o segundo maior número entre os artistas a solo do sexo feminino.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls