Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    15 Maio 1974 (idade 44)

  • Local de nascimento

    Lisbon, Lisboa, Portugal

Lula Pena nasce em Lisboa, no dia 15 de Maio de 1974, num bairro típico, onde as crianças ainda brincavam na rua. Descobre aos 10 anos o prazer de ouvir música no rádio e decide começar a aprender a tocar guitarra, fazendo umas primeiras gravações. No entanto, para o futuro, é mais relevante a descoberta de tocar de olhos fechados.

Em 1998 frequenta a escola de artes Visuais António Arroio, em Lisboa, onde estuda design gráfico e comunicação visual. Muda-se para Bruxelas em 1992, onde descobre que a distância é um dos pilares do Fado. A necessidade de procura começa cada vez mais a fazer-se sentir!

Phados é editado em 1998, numa editora belga chamada Carbon 7.

Lula Pena ouve sons e quer expressá-los através do seu corpo, tendo como instrumento uma voz; como som do rio a tremer, da terra arespirar, do céu a crescer.

Uma voz,um apelo da memória de alguém que ouve com os sentidos todos e quer revelar, naturalmente, as conversas secretas com o seu próprio coração; esse músculo vermelho e esponjoso, que sobrevive de irrigações constantes e vive de ritmos ora mais lentos ora mais rápidos.

Ela sente a idade da terra e o peso de tão grande dimensão, quer cantar as suas memórias mais antigas, quer cantar as raízes do mundo com a fatalidade de quem sabe que a vida é curta para tão longa viagem. Dar a voz ao canto da fatalidade. Da lonjura. Do destino. Da tragédia. Phados – o nome escolhido para o seu primeiro disco editado, em 1998, naBélgica, chegou a Portugal no ano 2000. Poucos ficaram indiferentes.

Alguns surpreendidos. Muitos encantados de espanto. Todos os que passaram por
este primeiro contacto ficaram, mais ou menos ansiosos, há espera dum futuro
anunciado, porém incerto, por esta voz funda e afundada nas profundezas dos mistérios do corpo, ciente do pudor da Alma.

Musicalmente, pretende desenterrar (mexer!) na raiz do fado inventado por Amália, na raiz da música inventada por Caetano Veloso e Chico Buarque, na raiz da morna de Cesária Évora, nas raízes Populares de autores anónimos.

O caminho é muito longo e a vida muito curta, Lula Pena aceita a tragédia e quer protagonizá-la… Hoje lusófona, amanhã árabe, depois africana…E quem sabe se na lua encontrará o som do vazio e do silêncio que anseia e que acredita existir.

A fusão musical de raízes comuns e distintas, próximas e longínquas. Os desafios, os riscos e as metas, o culminar duma crença – a Terra mãe de todas as músicas – isto é LULA PENA.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls