Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

Pure Heroine é o álbum de estreia da cantora e compositora neozelandesa Lorde. O seu lançamento ocorreu em 27 de setembro de 2013, através da editora discográfica Universal Music. O processo de elaboração do projeto foi iniciado em meados de 2012, dois anos após a artista ter assinado um contrato de desenvolvimento com Scott Maclachlan, representante da A&R. Foi nessa época em que Lorde realizou as suas primeiras composições com o auxílio do seu produtor, Joel Little, o que resultou na gravação de um extended play intitulado The Love Club, que foi utilizado para introduzir a cantora no cenário musical em 2013. Disponibilizado, inicialmente, de forma gratuita na plataforma SoundCloud, o registro contou com o single de estreia de Lorde, "Royals", e foi responsável por atrair a atenção dos meios de comunicação à intérprete. Depois de conseguir a aclamação dos críticos com o EP, ela continuou a fonografar o material.

Pure Heroine recebeu revisões predominantemente positivas da mídia especializada, a qual prezou a habilidade vocal da musicista e a mistura de diferentes estilos, bem como a sua produção, e consideraram-no um dos melhores lançamentos de 2013. Os resenhistas também elogiaram as composições feitas pela cantora, descrevendo-as como uma afronta à música produzida por artistas pops consagrados. Comercialmente, o disco também registrou uma recepção positiva, estreando na primeira posição das tabelas musicais da Nova Zelândia e da Austrália, onde se tornou um dos dez mais vendidos do ano, e qualificou-se entre os dez primeiros colocados na Argentina, na China, na Escócia, na Eslovênia, no Reino Unido, entre outras nações. Nos Estados Unidos, comercializou 129 mil cópias na sua primeira semana nas lojas e debutou no terceiro posto da Billboard 200; no Canadá, conseguiu alcançar a segunda colocação.

Para promover o álbum, quatro singles oficiais foram produzidos: "Royals", o primeiro deles, foi lançado em 8 de março, como o primeiro compacto de The Love Club, mas logo foi incluído no CD. Tornou-se um sucesso internacional de número um, atingindo o topo na Nova Zelândia e na Billboard Hot 100, dos Estados Unidos, bem como em vários outros países. Tornou-se um dos mais vendidos do ano na América do Norte e na Oceania, e rendeu a Lorde os seus primeiros Grammy Awards, inclusive o de "Canção do Ano"; "Tennis Court" foi distribuído como o segundo single na Nova Zelândia, Austrália e em partes do continente europeu; tornou-se o segundo número um alcançado pela artista na primeira nação e obteve um desempenho moderado em outros países; "Team" foi lançado como a segunda canção de trabalho nos Estados Unidos e no Canadá, e como a terceira pelo mundo, alcançando as dez melhores colocações de várias tabelas musicais; por fim, "Glory and Gore" foi liberado como o seu último single oficial, não alcançando o mesmo sucesso de seus antecessores. Como forma de divulgação do material, Lorde apresentou-se em programas televisivos e premiações e embarcou em sua primeira turnê, constituída de concertos feitos na Europa Continental e nas Américas.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls