Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar
Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Banda originalmente formada em 2008 após o encerramento das atividades da banda “The Baps”, contando com Tato nos vocais e Limão no baixo. A grande influência do punk 77 direcionava a extinta banda a compor letras que refletiam o espírito que o próprio movimento tinha em seu princípio. Atuaram até meados de 2007.

Em 2008 posto de baixista foi ocupado por Presunto, e Gabito assumiu as guitarras, Tato continuo nos vocais e composição e Limão assumindo a bateria.
Depois de poucos meses, escolheu-se o nome “Kick Out Bastards”. O “82” entrou remetente ao ano da segunda geração do punk que se consolidou com o hardcore punk “oitentista” anárquico de rebite de simbolismo sadomasoquista, maquiagem, moicanos e spikes.
Após a gravação da demo split com a banda Drüllis de Mogi das Cruzes, em 2009, Gabito, então guitarrista saiu para entrada de Raul. Daí em diante dá-se a formação atual: Tato (Vocal), Limão (Bateria), Presunto (Baixo) e Raul (Guitarra).
A banda amadureceu em sua estética e sonoridade sendo influenciada pelo punk de 1982 e o d-beat, de bandas como GBH, Varukers, Partisans e Discharge.
Evoluiu em suas letras e melodias que se tornaram mais rápidas e ácidas, cuspindo na hipocrisia da sociedade atual e levantando a bandeira do “No Life No Future”.

Em 2014 a banda lançou seu primeiro Full Album com 16 faixas chamado "Propaganda Pelo Ato".
Em 2017 lançou um Single chamado "Desemprego" em homenagem aos 40 anos de Punk em referência à coletânea punk brasileira "SUB".
Também em 2017 foi lançado o álbum “Ao vivo na Clash” sendo o primeiro registro da banda ao vivo, lançado em cópias limitadas em fita K7.
Em 2018 seu segundo Full Álbum intitulado “1982 in 2018”.
Mais recentemente em 2019 a banda saiu na coletânea alemã “Punk anti Bolsonaro” lançada pelo selo Break The Silence.
Também em Setembro de 2019 a banda lançou
o Single “Porto e vírgula” como parte da campanha do Setembro Amarelo de valorização da vida e prevenção do suicídio.

A Kob 82 veio para marcar o cenário punk nacional e internacional para gritar mais uma vez: O Punk Não Morreu!

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls