Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Joanna, nome artístico de Maria de Fátima Gomes Nogueira (Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 1957), é uma cantora, compositora e multi-instrumentista brasileira, considerada como detentora de uma das vozes mais belas do cenário musical. Como compositora, assinou dezenas de canções, algumas gravadas por grandes nomes como Cauby Peixoto, Angela Maria, Simone e Emílio Santiago.
Em 1979 lançou o disco Nascente que vendeu 80.000 cópias. Nesse ano gravou o especial Mulher 80 (Rede Globo) com Maria Bethânia, Elis Regina, Fafá de Belém, Zezé Motta, Marina Lima, Simone, Gal Costa, Rita Lee e as atrizes Regina Duarte e Narjara Turetta do seriado Malu Mulher. Joanna cantou "Seu Corpo" e "Cantoras do Rádio" em coletivo.

Estrela Guia, seu segundo disco, foi lançado em 1980, trazendo grandes sucessos como Momentos (Joanna/ Sarah Benchimol) e Quarto de hotel (Gonzaguinha).

Seguem-se os álbuns Chama (Geraldo Amaral/ Aristides Guimarães) (1981), com destaque para a faixa título, além de Uma canção de amor (Gonzaguina), Decisão, e um marco em sua carreira: a gravação feita especialmente para ela por Milton nascimento e Frenando Brant, Nos bailes da vida.

Vidamor (1982), trouxe como carro chefe o grane sucesso Vertigem (Caio Silvio/ Graco).

Brilho e paixão (1983) teve como destaque as faixas Tua cara, Eternamente e a gravação de um frevo, Pro que der e vier (Sivuca/ Paulinho tapajós).

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Atrações em destaque

API Calls