Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Anos de atividade

    1993 – até o momento (24 anos)

  • Local de fundação

    Mesa, Maricopa County, Arizona, Estados Unidos

  • Membros

Formado no começo dos anos 90, lança seu debut cd, auto-intitulado, via gravadora independente Wooden Blue Records. A repercussão é mínima, principalmente pela sonoridade ainda não muito bem definida, um hibrido entre o hardcore, o emo e o indie rock. Já, em 1996 o grupo encontra seu direcionamento musical e lança o fantástico "Static Prevails", via Capitol Records. O então emergente estilo "emo" fica claro na sonoridade deste disco, acompanhado sempre pelo indie rock extremamente pop. Infelizmente a Capitol não dava a mínima para os meninos e ignorava qualquer tipo de possível promoção da banda, mesmo assim, o JEW conseguiu grande notoriedade na cena indie, e assim sendo, lançou dois discos de forma independente: "Singles" - compilação de todos os singles do ínicio da carreira - e um split EP com o grupo pop-rock Jebediah, ambos lançados pelo selo independente Big Wheel Creation. Em fevereiro de 1999 é lançado "Clarity", um disco às vezes difícil de se assimilar, principalmente pela complexidade musical que o grupo atingiu, chegando até a compor músicas de 16 minutos de duração. Novamente a Capitol não dá o mínimo crédito e o disco não emplaca no mainstream, porém no underground o JEW caminha para os mais altos patamares que uma banda pode chegar. Segundo Jim Adkins, vocalista, a reunião para quebra de contrato com a Capitol se resumiu no seguinte diálogo: - Nós poderiamos sair gravadora?, resposta: - Quem são vocês? Assim sendo, o Jimmy Eat World larga a Capitol Records e é contratado pela Dreamworks, gravadora de propriedade do cineasta Steven Spielberg e casa de bandas como Papa Roach e AFI. Agora, dentro de uma major, e sem nenhum complexo de "se vender", o JEW lança em 2001 o mais que perfeito "Bleed American", com canções como "Sweetness", "A Praise Chorus" e "The Middle". O trabalho de divulgação e marketing do álbum é excelente, inclusive na época dos atentados ao World Trade Center, o título do disco foi retirado da arte da capa, fazendo assim o CD ser conhecido como "Self-Titled". Shows lotados, clipe nas paradas, músicas em todas as rádios americanas, esta é a situação atual do Jimmy Eat World nos EUA, carregando ainda o rótulo de "substitutos do Blink 182" na preferência dos adolescentes americanos. Jimmy está realmente comendo o mundo.

INTEGRANTES
Jim Adkins: vocalista, guitarrista
Tom Linton: guitarrista, back vocal
Rick Burch: baixo
Zach Lind: baterista

ALBUNS
Invented (2010)
Chase This Light (2007)
Futures (2004)
Bleed American (renomeado: Jimmy Eat World, 2001)
Clarity (1999)
Static Prevails (1996)
Jimmy Eat World (1994)

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls