Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    17 Janeiro 1928

  • Local de nascimento

    Puteaux, Hauts-de-Seine, Île-de-France, França

  • Data de falecimento

    17 Agosto 1973 (idade 45)

Jean Barraqué viveu entre 17 janeiro 1928 - 17 de agosto de 1973. Foi um brilhante compositor e escritor francês da música clássica contemporânea. Desenvolveu uma forma individual de serialismo que é exibido em uma pequena produção de trabalhos altamente complexos e apaixonados.
Era um artista intenso e um tanto nervoso, bebia excessivamente, no entanto sua poderosa música modernista é banhada com claridade e precisão formal.
Ao se socializar nos cafés intelectuais à margem esquerda do Sena em Paris, entabulou uma conversa com o jovem filósofo Foucault, ambos apreciadores fervorosos de Nietzsche ficaram instantâneamente atraídos um pelo outro e logo se apaixonaram. Para os dois música e filosofia se tornaram uma coisa só. A Séquence de Barraqué, contém um texto nietzschiano sugerido por Foucault inclui as frases "Não devemos odiar a nós mesmos se estamos em via de nos amar…Eu sou seu labirinto". Outra composição musical de Barraqué nos meados dos anos 50 foi descrita pelo filófoso e amante francês como "um ápice de magnificência agonizante; o processo implacável está chegando ao fim agora, e a Música se quebra sob a melodia desumana, desintegra-se e é sugada pelo vazio. Fragmentos inteiros de som se esfacelam e desaparecem no oceano do silêncio que tudo traga." O relacionamento de de ambos não sobreviveria não tanto pelo ciúme possessivo de Barranqué mas pelas longas separações que passaram a viver. Morreu em 1973 por causa do alcolismo.

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

API Calls