Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Jazmin Bean é ume cantore, compositore e maquiadore de gênero não-binário de Londres. Além de trabalhar com música, Jazmin também fundou a marca de maquiagens Cult Candy Cosmetics.

Ficou amplamente conhecide por seus looks totalmente extravagantes e um incomuns, se tornando bastante popular no Instagram. Bean declarou que se inspira na cultura pop japonesa e em criaturas mitológicas, para se transformar em um personagem sombrio e insólito. Quando tinha apenas 16 anos, Bean começou a criar e praticar suas maquiagens, transformando seu rosto e a sua aparência física.

Em seu processo criativo de desenvolver a sua persona, Bean foi influenciade pelos personagens do cineasta Tim Burton que é conhecido por seus filmes com aspectos góticos, fantasiosos, excêntricos e sombrios. Dando um destaque principal para o filme "A Noiva Cadáver" (2005) e o livro "A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & Outras Histórias", também de autoria de Burton. Suas maquiagens fazem bastante sucesso e chamam muita atenção no Instagram, algumas fotos são tão bizarras que o Instagram chega a oculta-las por serem consideradas muito "perturbadoras".

Sua influência musical vem de sua mãe, Angie Adams, que nos anos 90 atuou como baterista de uma banda punk feminina chamada Fluffy. Em Agosto de 2019, Bean lançou seu primeiro clipe de forma independente, chamado "Worldwide Torture". Juntamente do clipe, sai o anúncio de que em Outubro do mesmo ano, um EP de mesmo nome seria lançado. Os visuais do vídeo combinam a estética "kawaii" com o estilo monstruoso dê artista, resultando em uma estética surreal. Sua música também chamou atenção por ser uma mistura de Pop com Nu Metal agressivo.

O disco foi bem recebido pelo público, enquanto a crítica especializada recebeu o EP de forma mais morna. Muitos concordaram que, embora Bean tenha potencial, poderia ter fugido um pouco do "básico" e trazido uma sonoridade mais experimental, combinando mais com a identidade visual do trabalho. Em Junho de 2020, ê artista anunciou que havia fechado contrato com a Interscope/Island Records e que estava trabalhando em um álbum visual. Além disso, também anunciou uma nova versão de seu EP, chamada "Worldwide Torture: The Re-Up". Essa nova versão contaria, além das 5 músicas da versão original do disco, com outras músicas que já havia lançado como singles e algumas inéditas. Bean anunciou que seu novo contrato com a gravadora é só o primeiro passo de sua "dominação mundial".

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls