Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Data de nascimento

    13 Dezembro 1964

  • Local de nascimento

    Yokosuka, Kanagawa, Japão

  • Data de falecimento

    2 Maio 1998 (idade 33)

Hideto Matsumoto (松本 秀人; Yokosuka, Japão, 13 de Dezembro de 1964 ㅡ Tókio, 2 de Maio de 1998) foi um músico japonês mais conhecido por hide (pronúncia: ride ou hee.day - seu nome artístico é sempre escrito em minúsculas). Fazia parte do X JAPAN.

Infancia e Adolescência
Seu primeiro contato com o rock'n'roll deu-se aos 15 anos, quandou ouviu pela primeira vez o álbum Alive! do Kiss. No mesmo ano, a avó (com quem vivia) ofereceu-lhe a sua primeira guitarra eléctrica, uma Gibson Les Paul Deluxe.

Em 1980, completou o ensino básico e deixou a Tokiwa Junior High School. Entrou então para a Kaisei Senior High School, em Zushi, Kanagawa. Aí, escolheu como atividade extra-curricular a participação na banda instrumental da escola. Deixou a mesma passado pouco tempo, pois o instrumento que lhe designaram era o clarinete, quando ele queria tocar trompete.

Depois disso, concentrou-se na guitarra e, em 1981, formou a sua primeira banda independente, o Saver Tiger, com apenas 17 anos. Um ano depois da fundação desta, a banda começou a tocar em casas de espectáculo em Yokosuka, como Rock City House.

Em Abril de 1983, começou a estudar estética, cosmética e moda no Hollywood Beauty Salon no actual Roppongi Hills, no qual se licenciou com classificações notóriamente elevadas, em 1984. Mais tarde, nesse ano, submeteu-se a um exame nacional e obteve com sucesso a licenciatura como esteticista. Em Julho de 1985, o Saver Tiger lançaru o seu álbum de estreia homónimo. Em Novembro, a banda contribuíu para a série Heavy Metal Force, que mais tarde teria também contribuições do próprio X Japan.

Em 1986, a banda mudou o nome para Yokosuka Saver Tiger para evitar confusões com uma outra banda de nome semelhante, de Sapporo. A sua estreia com o novo nome foi na série Devil Must Be Drivel Out With Devil. Continuaram a atuar em casas de espectáculo e clubes noturnos, como Meguro Rokumeikan, Omiya Freaks e Meguro Live Station.

X JAPAN (1987-1997)
Em 1987, quando já estava formado e exercendo a profissão de esteticista, recebeu um convite de Yoshiki Hayashi para fazer parte de sua banda, na altura chamada X. hide aceitou o convite que o levou definitivamente ao cenário musical. Então surgiu a formação mais conhecida da banda X, com ele e Pata nas guitarras, Yoshiki na bateria e no piano, Taiji no baixo e Toshi como vocalista. hide não só era o guitarrista principal como também escrevia algumas das letras, como "Celebration", "Joker" e "Scars".

A banda lançou o 1º álbum VANISHING VISION pelo selo independente de Yoshiki: a Extasy Records. Após passar por muitas dificuldades, com as músicas muito bem trabalhadas aliadas ao visual agressivo da banda, o X se tornou a primeira banda independente de Heavy Metal do Japão a entrar para os rankings oficiais, quebrando a hegemonia dos músicos pop da época. São também considerados os fundadores do famoso e crescente movimento Visual Kei e a banda japonêsa mais famosa de todos os tempos, responsáveis pela divulgação do J-Rock pelo resto do mundo.

Em 1992, mudaram de nome para X JAPAN, pois já existia uma banda californiana chamada X.

Após o lançamento do álbum Art of Life, os membros da banda afastaram-se durante algum tempo, cada um trabalhando em projetos solo. Por essa altura, todos eles deixaram de lado o estilo Visual Kei, optando por uma imagem mais simples e própria, sem maquiagem, roupas ou atitudes extravagantes. Matsumoto foi uma exceção, mantendo o seu famoso cabelo cor-de-rosa fluorescente e suas roupas e guitarras coloridas, desenhadas pelo próprio.

Solo (1993-1998)
No início de 1993, foi premiado pela sua música Frozen Bug, que gravara com Inoran e J, dos Luna Sea. Também escreveu e atuou no curta-metragem Seth et Holth. Lançou o seu primeiro album a solo em 1994; "Hide Your Face". Para o qual, além de ter composto todas as músicas, tocara guitarra eléctrica, acústica, baixo e fizera todos os vocais. O estilo de música do album diferia do speed metal e das power ballads do X JAPAN, aproximando-se mais do rock alternativo. Depois disso, Matsumoto iniciou a sua digressão "Hide Our Psychommunity Tour". A banda contratada para atuar nos seus shows viria mais tarde a ser Spread Beaver.

Um 2º album foi lançado em 1996, Psyence, seguido por uma nova digressão, Psyence a Go Go. Este é considerado um dos seus melhores albums, caracterizado pela sua inacreditável versatilidade entre singles. Após o fim da banda X JAPAN, em 1997, hide deu um nome oficial ao seu projeto a solo: hide with Spread Beaver (que se traduz como hide com Vagina Aberta). Também formou uma outra banda chamada Zilch, formada por artistas britânicos e americanos como Joey Castillo e Paul Raven. Com o seu projeto solo (sem o Spread Beaver nem o Zilch), continuava como compositor, vocalista e guitarrista.

Fim do X JAPAN
A banda X JAPAN continuava com grande sucesso. Porém, isso não impediu a decisão repentina de Toshi de sair da banda, em 1996, o que levou Yoshiki a pôr-lhe fim.

A banda realizou um último concerto ao vivo, em 31 de Dezembro de 1997, no Tokyo Dome. Esse concerto teve o nome de The Last Live e que ficou lembrado por muitos fãs pela extrema emocionalidade e entrega que teve por parte da banda. É de destacar a performance em Forever Love, onde a profunda tristeza de cada um dos membros está implícita. Foi aí, com o fim da sua banda de maior sucesso, que Matsumoto começou a lutar pela sua carreira solo, com Spread Beaver e Zilch, em Los Angeles. O objetivo dessa última era claramente atingir o mercado internacional.
Yoshiki Hayashi, ex-líder do X JAPAN, tinha em mente voltar a formar a banda, no ano 2000 e contava com o grande apoio de hide. (Não se sabe ao certo se hide seria o vocalista ou se tencionavam procurar um novo). No entanto esse sonho nunca foi concretizado, pois ele morreu em 1998.

Morte
Mesmo com todos estes trabalhos e com dois singles do Spread Beaver já programados para lançamento (PINK SPIDER e EVER FREE), inesperadamente, na manhã do dia 2 de Maio de 1998, hide foi encontrado enforcado na maçaneta da porta do seu quarto e faleceu, no mesmo dia, pelas 6 da manhã.

A imprensa destacou o caso como suícidio, mas a versão oficial diz que foi um infeliz acidente. A versão oficial diz que foi encontrada uma alta porcentagem de álcool no seu sangue o que provavelmente o fez perder os sentidos logo após o banho. A toalha que tinha à volta do pescoco prendeu-se na maçaneta da porta e assim, permaneceu. Foi socorrido imediatamente, mas, por falta de oxigênio no sangue, faleceu na ambulância a caminho do hospital.

Dado ao carácter misterioso da sua morte (com apenas 33 anos), muitas hipóteses se levantam, entre elas o assassinato ou a possibilidade dele sofrer de depressão (é preciso explicar que o cantor era alcóolatra). Ainda dentro desta hipótese, muitos acreditam que o single que gravara no dia antes da sua morte, Pink Spider era uma carta de suicídio.

O funeral foi seguido por uma multidão de um quilometro e teve a presença de integrantes de várias bandas. O X JAPAN tocaram, pela memorável última vez, a música FOREVER LOVE juntos, no funeral.

Existiu um museu, em Yokosuka, chamado de Hide Museum, que abriu em 2000 e foi destruído em 2006. Lá estavam expostos muitos dos items pessoais de hide, como roupas, brinquedos, posters, guitarras, fotografias, desenhos, peluches entre outros. Muitas porções das obras de Matsumoto estão ainda a ser publicadas bem reformuladas, alteradas e adaptadas por outros músicos.

Além de músico, hide colaborava com instituições de caridade e era conhecido pela sua simpatia para com os fãs. Consta que doou parte da sua medula óssea a uma fã que sofria de leucemia em estado terminal e tornou-se seu amigo, apresentando-a aos outros membros da banda e oferecendo-lhe bilhetes para os seus concertos. Sobre a jovem, cuja identidade se desconhece, sabe-se que ainda hoje é viva.

Nove anos após a sua morte, hide continua a ser lembrado e a servir de inspiração e ídolo a milhares de jovens em todo o mundo e é relembrado carinhosamente como mascote de todo um estilo musical.

Continuação dos Trabalhos
Porém, mesmo após sua morte, foram lançados os álbuns das bandas Zilch e hide with Spread Beaver. I.N.A. mixou as gravações dos vocais e guitarra deixadas por hide com as gravações feitas pelas bandas. Ainda foi lançado em 1999 um álbum de covers de músicas do hide feitos por várias bandas de J-Rock (hide TRIBUTE SPIRITS) que continha um remake (feito por Pata, Heath e I.N.A. que logo depois iriam formar a banda DOPE HEADz) da música CELEBRATION que hide fez para o X JAPAN, dessa vez com hide no vocal. No mesmo ano foram lançados um remake da música TELL ME e uma coletânea (PSYCHOMMUNITY).

Em 2001, são lançadas duas coletâneas de músicas do SAVER TIGER (Origin of hide vol. 1 e 2).

Em 2002, no "aniversário" de 4 anos de sua morte, foram lançados um álbum de remakes eletrônicos (Psy-Clone), uma coletânea do selo LEMONed (Cafe Le Psyence) com o remake da música MISCAST que hide compôs para o X JAPAN com ele no vocal (assim como CELEBRATION) e ainda uma coletânea de todos os seus singles (Junk Story) com duas músicas nunca antes lançadas: IN MOTION e JUNK STORY.

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls