Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

  • Local de nascimento

    São Paulo, São Paulo, Brasil

Daniel Garcia Felicione Napoleão (São Paulo, 18 de janeiro de 1995), mais conhecido como Gloria Groove, é um Cantor, Compositor, Dublador, Rapper, Ator e Drag Queen brasileiro. Iniciou a carreira em 2002, fazendo parte da nova formação do Balão Mágico em 2006 participou do quadro de calouros Jovens Talentos, no Programa Raul Gil, e no mesmo ano integrou o elenco da telenovela Bicho do Mato, na Record TV. Após dez anos se dedicando a dublagem, ganhou notoriedade nacional em 2016 com a faixa "Dona". Em menos de três meses, o vídeo alcançou a marca de um milhão de visualizações no Youtube, emplacando outras faixas como "Império", "Catuaba", "Gloriosa", "Muleke Brasileiro e "Bumbum de Ouro".

A arte drag é extremamente versátil. Existem drags dançarinas, atrizes, performers, as que capricham na maquiagem e costura e, inclusive, as cantoras. Cantar de verdade, entretanto, é um talento que poucas possuem.

Iniciou seu carreira em 2002 quando fez parte do Galera do Balão ,nova formação do Balão mágico. Em 2006 participou do quadro de calouros Jovens Talentos, no Programa Raul Gil, na Band, no qual ficou entre os semifinalistas. No mesmo ano integrou o elenco da telenovela Bicho do Mato, na RecordTV, irmão da protagonista e que sofria com a frieza da avó materna, interpretada por Beatriz Segall, após a morte dos pais. Em 2007 passou a trabalhar com dublagem, dando a voz em seriados como Hannah Montana, Digimon Xros Wars, Doki, Power Rangers: Megaforce, além da franquia de filmes Descendentes. Em 2014 passou a se identificar com a cultura drag queen ao assistir o talent show RuPaul's Drag Race, no qual artistas performáticos competiam para permanecer no programa através de números interpretativos de música e dança, decidindo descobrir-se no gênero e passando a adotar o nome de Gloria Groove. Em entrevista ao Portal Uai, Gloria falou sobre a descoberta: "Nunca me encaixei e me enxerguei dentro do que as pessoas esperavam para mim. Quando se olha, não se sabe se é homem, mulher, meio do caminho, se chama de ele ou de ela. Ser drag me permitiu me ver pela primeira vez como artista. Ali dentro, posso explorar o que quiser".

Podem ser citados diversos exemplos de drags que não cantam bem e recorrem aos programas de autotune para "dar um truque" e divulgar seu trabalho.: RuPaul, Sharon Needles, Manila Luzon, Alaska Thudnderfuck, Léo Áquila, Dimmy Kieer… Enfim, uma lista enorme. Mas nem tudo está perdido, amiguinhos, pois além de existirem drags que cantam de verdade, uma delas está crescendo na cena nacional brasileira.

Glória Groove é uma artista cujo talento musical vem do berço e uma das grandes revelações da cena drag paulista, retratada no documentário Tupiniqueens. Se destacou não apenas por fazer covers de Beyoncé e Nicki Minaj na internet, mas por batalhar por um espaço artístico e construir um trabalho autoral que vá além do mundo pop e construa um diálogo com a batalha diária das drags brasileiras.

‘Dona’ foi o primeiro single de Glória, lançado em janeiro de 2016. O videoclipe de 'Dona' foi dirigido por João Monteiro. 'Dona' negou não somente para afirmar que ela é dona da festa toda, mas para fazer crítica social. Os trechos "Sou Gloria Groove do Brasil, eu vim pra ficar", "contar a história da mina que mudou tudo, que veio da zona leste pra virar dona do mundo", "cultura drag é missão, um salve a todas as montadas da nossa nação" e "lembra dos "cara" achando que consumação paga peruca?" são um exemplo de que sua música vem para divertir, contar sua história e lutar por uma causa. Tudo isso no ritmo de hip-hop e com muita ginga.

Para completar o atual momento da carreira, Glória foi convidada a participar da atual da temporada de Amor&Sexo, na Globo, com o quadro Bishow, ao lado de outras drags.

Outra conquista importante é a presença de diversas drags nacionais na festa de Gloria: Penelopy Jean, Alexia Twister e Tiffany Bradshaw, por exemplo. É talento, é lacração, polêmica e brasilidade, migs!

Editar esta wiki

API Calls