Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Wiki

Nenhuma cantora se identifica tanto com a obra de Caetano Veloso como Gal Costa. Não foi à toa que os dois estrearam juntos em disco no ano de 1967, no álbum Domingo. Nele, Gal empresta sua voz para composições de Caetano - como Coração Vagabundo e Onde Eu Nasci Passa um Rio - que viraram clássicos da Música Popular Brasileira. Desde então, essa 'parceria' coleciona cerca de 50 sucessos.

Pensando nisso, a gravadora Universal decidiu comemorar os 60 anos de Gal lançando Divino Maravilhoso, um luxuoso e caprichoso álbum só com composições de Caetano interpretadas pela cantora. São 36 músicas selecionadas por Rodrigo Faour que foram gravadas entre 1967 e 1983, período em que Gal pertenceu ao cast da antiga Philips.

Os mais interessante neste álbum é observar os diferentes momentos de Gal. Sua fase mais 'joãogilberteana' pode ser ouvida em Avarandado e Saudosismo. O salto para a cantora de massa quando ela apareceu de cabelo black e uma roupa decorada com espelhos para cantar Divino Maravilhoso no festival de 1968.Da fase tropicalista, o disco traz Baby e Não Identificado para depois mergulhar na fase psicodélica de Gal com Cinema Olympia , claramente inspirada na musa rebelde Janis Joplin.

Do disco ao vivo gravado pelos Doces Bárbaros (Gal, Caetano, Gilberto Gil e Maria Bethânia) em 1976, foram escolhidas a festeira Os Mais Doces Bábaros e Eu Te Amo, numa interpretação arrebatadora de Gal. A explosão da Gal carnavalesca se faz presente com Massa Real e O Bater do Tambor.

As únicas faixas assinadas em parceiras com outros compositores são A Rã ( com João Donato), Mamãe Coragem ( com Torquato Mariano), Sem Grilos e Qual É, Baiana?( com Moacyr Albuquerque), Paula e bebeto ( com Milton Nascimento), Sutis Diferenças ) com Vinícius Cantuária) e Caras e Bocas (com Maria Bethânia). Os sucessos Força Estranha, O Amor, Luz do Sol, Tigresa e London, London também não ficaram de fora.

Divino Maravilhoso cumpre sua missão de comemorar os 60 anos de Gal. Foi através das canções de Caetano que Gal revelou seu romantismo, sua rebeldia, seus amorese suas dores. Um está ligado ao outro. Um poeta e a sua voz.

POR DANILO CASALETTI - Revista Época

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Assine agora

API Calls