Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Biografia

Despe e Siga é uma banda portuguesa, que foi criada como uma espécie de alter-ego da banda Peste & Sida, pelos mesmos membros desta banda. Um dos seus maiores sucessos foi 'Festa' de 1994.

As primeiras aparições de Luís Varatojo, João San-Payo, Fernando Raposo e Nuno Rafael, como Despe e Siga foram feitas no início da década de 90. Estávamos em 1991 e a banda passava então a usar também o cartão de visita com a marca Despe e Siga, a par do título de Peste & Sida.

A ideia era tocar versões, pegar em temas de bandas como os Pogues ou os Madness e cantá-las dentro do mesmo ritmo, mas em português. No entanto, o arranque foi feito de maneira diferente. Luís Varatojo e companhia e agarraram em temas em inglês que costumavam tocar nos ensaios e transpuseram-nos para o palco, e quando o último disco dos Peste via luz do dia, em 1992, já os Despe e Siga davam concertos no bar BBB na Costa da Caparica, onde actuaram regularmente até ao Verão do ano seguinte.

Também em 1992, entraram para a formação da banda os reforços João Cardoso (teclas) e Marco Franco (bateria), que um ano depois cedia o lugar a Sérgio. O primeiro álbum, "Despe e Siga", chegou às lojas em 1994, e incluiu no alinhamento versões que a banda costumava tocar em bares, como "Festa" (versão do original dos Pogues, "Fiesta"), "Bué de Baldas" (inspirado em "Baggy Trousers" dos Madness") e "Bule Bule" (versão para "Woolie Buly" já dos tempos dos Peste & Sida). No ano seguinte, a banda participou no disco "Espanta Espíritos", com o tema "Família Virtual", onde colabora o fadista Alcindo de Carvalho, e subiu ao palco do espectáculo Portugal ao Vivo II ao lado dos Xutos & Pontapés e dos Kussondulola.

Em 1996, a equipa Despe e Siga sofre novas transformações sai João San-Payo e entra Ricardo Aires, para o baixo e chega às lojas o álbum "Os Primos", que contou com a colaboração de Sérgio Godinho no tema "Tou Bom". Dois anos depois os Despe e Siga foram um dos grupos convocados para o alinhamento do disco "Ao Vivo na Antena 3", para o qual gravaram dois temas ao vivo no auditório da RDP. Repetiram a experiência da quebra de fronteiras que no ano anterior os havia levado a actuar no Canadá e em Paris, e voltaram a actuar na capital francesa. "99.9", um disco composto na totalidade por originais, foi editado em 1999. Produzido por Mário Barreiros, reuniu canções como "Manual do Gelo", "Rádio Ska" e "Lunamóvel".

No ano seguinte, a formação da banda perdeu três elementos, Nuno Sérgio e Cardoso partem para outras paragens no final do ano, no entanto, regressa Fernando Raposo e Isabel Rato estreia-se nas teclas. 2001 marcou a viragem para um novo capítulo na história da banda, que com nova formação e novos arranjos estreou temas novos em concerto enquanto preparava novo disco.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

API Calls