Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Despe e Siga é uma banda portuguesa, que foi criada como uma espécie de alter-ego da banda Peste & Sida, pelos mesmos membros desta banda. Um dos seus maiores sucessos foi 'Festa' de 1994.

As primeiras aparições de Luís Varatojo, João San-Payo, Fernando Raposo e Nuno Rafael, como Despe e Siga foram feitas no início da década de 90. Estávamos em 1991 e a banda passava então a usar também o cartão de visita com a marca Despe e Siga, a par do título de Peste & Sida.

A ideia era tocar versões, pegar em temas de bandas como os Pogues ou os Madness e cantá-las dentro do mesmo ritmo, mas em português. No entanto, o arranque foi feito de maneira diferente. Luís Varatojo e companhia e agarraram em temas em inglês que costumavam tocar nos ensaios e transpuseram-nos para o palco, e quando o último disco dos Peste via luz do dia, em 1992, já os Despe e Siga davam concertos no bar BBB na Costa da Caparica, onde actuaram regularmente até ao Verão do ano seguinte.

Também em 1992, entraram para a formação da banda os reforços João Cardoso (teclas) e Marco Franco (bateria), que um ano depois cedia o lugar a Sérgio. O primeiro álbum, "Despe e Siga", chegou às lojas em 1994, e incluiu no alinhamento versões que a banda costumava tocar em bares, como "Festa" (versão do original dos Pogues, "Fiesta"), "Bué de Baldas" (inspirado em "Baggy Trousers" dos Madness") e "Bule Bule" (versão para "Woolie Buly" já dos tempos dos Peste & Sida). No ano seguinte, a banda participou no disco "Espanta Espíritos", com o tema "Família Virtual", onde colabora o fadista Alcindo de Carvalho, e subiu ao palco do espectáculo Portugal ao Vivo II ao lado dos Xutos & Pontapés e dos Kussondulola.

Em 1996, a equipa Despe e Siga sofre novas transformações sai João San-Payo e entra Ricardo Aires, para o baixo e chega às lojas o álbum "Os Primos", que contou com a colaboração de Sérgio Godinho no tema "Tou Bom". Dois anos depois os Despe e Siga foram um dos grupos convocados para o alinhamento do disco "Ao Vivo na Antena 3", para o qual gravaram dois temas ao vivo no auditório da RDP. Repetiram a experiência da quebra de fronteiras que no ano anterior os havia levado a actuar no Canadá e em Paris, e voltaram a actuar na capital francesa. "99.9", um disco composto na totalidade por originais, foi editado em 1999. Produzido por Mário Barreiros, reuniu canções como "Manual do Gelo", "Rádio Ska" e "Lunamóvel".

No ano seguinte, a formação da banda perdeu três elementos, Nuno Sérgio e Cardoso partem para outras paragens no final do ano, no entanto, regressa Fernando Raposo e Isabel Rato estreia-se nas teclas. 2001 marcou a viragem para um novo capítulo na história da banda, que com nova formação e novos arranjos estreou temas novos em concerto enquanto preparava novo disco.

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls