Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Blue Murder foi uma banda de Hard Rock da Inglaterra.

Historia

Blue Murder foi o caminho solo para o guitarrista John Sykes, uma estrela em ascensão, citada numa faixa gravada com Tygers of Pan Tamg, Thin Lizzy e Whitesnake. Inicialmente com a intenção de ser um quarteto, o grupo incluiu o formador do The Firm e o baixista Tony Franklin. O projeto original incluía ensaios com o Rainbow, Michael Schenker Group e o baterista do Whitesnake, Cozy Powell. Por fim, foi o ex-Vanilla Fudge, Cactus e Ozzy Osbourne, Carmine Appice que ocupou tal lugar. O primeiro a experimentar os vocais foi Tony Martin, então vocalista do The Alliance. Essa união não deu certo e Martin, logo em seguida se juntou ao Black Sabbath para uma saudável maratona de álbuns começando com Eternal Idol em 1987. Coincidentemente, a segunda escolha de um vocalista para banda, foi o ex-Black Sabbath, Ray Gillen, a quem Martin substituiu nos vocais para as músicas do Eternal Idol. Sobrou uma nota semanas antes, em que Gillen agradecia e deixava a banda para criar o Badlands. Coincidentemente, Badlands foi o nome de uma banda que Sykes tentou montar aos oito anos de idade.

O ex-frontman do King Kobra, Mark Free, foi então contactado por Appice para fazer parte da banda, mas após ensaios em Vancouver optou por não prosseguir com o projeto, retornando a Los Angeles para trabalhar com o Signal. Durante esse período, Sykes foi convidado a ser o homem de frente da banda canadense Triumph depois da saída de Rik Emmett.. Embora tenha sido até bem badalada a sua ida, Sykes optou por conitnuar com o Blue Murder.

Sykes tomou pra si os vocais e o trio estreou com um álbum de título epónimo pela Geffen Records em 1989. O álbum mostrou a força de Sykes nos vocais e uma farta porção do épico Hard Rock na faixa ‘Blue Murder’, dando significativo impacto sobre a cena do Rock internacional e se tornando uma grande promessa. Destaque para a faixa 'Valley Of The Kings', que incluiu créditos escritos de Tony Martin.

Contudo, embora ambos, Appice e Franklin tenham tocado no segundo álbum, o discreto ‘Nuthin’ But Trouble’ de 1993, não contou com os seus dois músicos, que deixaram a banda prestes ao lançamento do álbum. Franklin, na verdade, estava parado desde a metade final de 1991. Sykes convidou o ex-vocalista do Baton Rouge, Kelly Keeling, o baixista Marco Mendoza e o baterista Tommy Osteen para integrar a banda. O ex Yngwie Malmsteen, Anders Johansson, também teve uma passagem relâmpago no grupo. O Blue Murder investiu muito pouco no trabalho de promoção na Grã-Bretanha para ressaltar este lançamento.

Sykes, mantendo seu status de estrela maioral na porção mais distante à Oeste, gravou um álbum solo, 'Out Of My Tree' em 1996, que só foi lançado no Japão e também tocado em alguns extremamente bem sucedidos shows-tributo à Thin Lizzy, com seu colega guitarrista e formador do "Thin Lizzy", Scott Gorham, além de Darren Wharton (teclados), Brian Downey(bateria) e Marco Mendoza (baixo).

Franklin soltou um álbum solo no Japão em 2000. Aparentemente, em 2002 seria vista a ressurreição do Blue Muder com boatos de que Sykes tinha contratado o baterista do Code 7, Aaron Rossi, para o projeto.Embora o guitarrista tenha recomeçado sua turnê com Thin Lizzy, por volta de 2003, os rumores de uma turnê do Blue Murder em Setembro estavam em alta. O anúncio de que o trio clássico de Sykes, Franklin e Appice encabeçava o evento francês 'Raismes Fest' em 14 de setembro aparentemente confirmou estes planos, negados subseqüentemente. Não obstante, a banda parecia estar em processos de reformulação para um novo álbum de estúdio, entrementes, Appice foi convidado a participar da faixa 'Wonderland', do segundo álbum solo de Tony Franklin. A expectativa dos fãs ficou ainda maior quando Sykes anunciou uma série de datas do Blue Murder no Japão durante Abril. Estes shows também não ocorreram.

Foi revelado que John Sykes, Carmine Appice e Tony Franklin ensaiaram juntos durante o mês de outubro de 2005, com a intenção de restabelecer o Blue Murder, embora isso não tenha se concretizado. Enquanto isso vazou, Sykes remanesceu ativo frente ao Thin Lizzy nos shows. Todavia, DJ Eddie Trunk, do espetáculo de rádio"Friday Night Rocks" em Nova York, anunciou no seu programa da noite de sexta-feira do dia nove de feverreiro de 2007, que um retorno do Blue Murder consistindo de todos os membros originais da banda estava sendo idealizado.

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

API Calls