Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

A dinamarquesa Artillery foi uma das muitas bandas européias de qualidade de que parecem nunca conseguir uma brecha. Formada em 1982 em Taastrup, subúrbio de Copenhagen, pelos irmãos Michael Stytzer (guitarra) e Morten Stytzer (baixo), o Artillery gravou demos que rapidamente se tornaram um artigo requisitado no circuito de troca de fitas do . Sendo uma rede de impacto no mundo, essa importante comunidade underground também foi responsável por lançar as carreiras de eventuais gigantes como Metallica e Anthrax, que de outro modo talvez poderiam ser lançadas na obscuridade. No caso do Artillery, trocar o vocalista original Carsten Lohmann por Flemming Ronsdorf provou ser o catalisador que eles precisavam, já que o vocal distinto do último vocalista (alternativamente brusco e cortante à la King Diamond) ajudou-os a se destacarem. Completa com o o guitarrista Jorgen Sandau e o baterista Carston Nielson, a banda logou fechou um contrato com o selo de metal britânico Neat, que lançou o influente par de álbums "Fear Of Tomorrow" de 1985 e "Terror Squad" de 1987. Nesse tempo, o grupo viajou através da Europa em muitas turnês, incluindo uma longa excursão patrocinada pelo governo dinamarquês que os levou aos confins da União Soviética. Compreensivelmente, o Artillery entrou numa tempestade com as crianças soviéticas famintas por rock, mas as autoridades não ficaram impressionadas, mandando-os embora com uma passagem só de ida pela ferrovia trans-siberiana. O guitarrista Sandau saiu logo após o retorno, e a banda começou a procurar um novo contrato com qualquer um exceto a problemática Neat Records, finalmente assinando com a Roadrunner, para quem eles gravaram o ambicioso "By Inheritance" de 1990, na tentativa de quebrar as barreiras crescentes do . O novo baixista Peter Thorslund foi trazido nessa época para que Morten Stytzer pudesse ir pra guitarra, mas com as tensões internas crescentes da banda, o Artillery acabou separando-se em 1991. Pouco se sabia sobre os membros da banda na próxima década, mas quando suas influentes demos foram reunidas para serem lançadas no "Deadly Relics" de 1998, Ronsdorf e os irmãos Stytzer decidiram tentar um retorno. Recrutando o baterista Per M. Jensen (The Haunted), o Artillery retornou em 1999 com o LP adequadamente chamado "B.A.C.K.", que, deixando de lado as técnicas modernas de estúdio usadas, foi fiel ao som thrash técnico dos seus primórdios.

A banda entrou em hiato novamente, no ano 2000. Mas já em 2007 retornou à ativa. Lançando dois novos álbuns, When Death Comes (2009) e My Blood (2011).

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

Links externos

API Calls