Reproduzindo via Spotify Reproduzindo via YouTube
Saltar para vídeo do YouTube

Carregando o player...

Scrobble do Spotify?

Conecte a conta do Spotify à conta da Last.fm e faça o scrobble de tudo o que você ouve, seja em qualquer app para Spotify, dispositivo ou plataforma.

Conectar ao Spotify

Descartar
Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

88NÃO! Punk Rock de Subúrbio
Banda originaria do Bairro Sonia Maria, subúrbio de Mauá, embora desconhecido por muitos, é um grande celeiro musical
e cultural do Grande ABC. Teve seu inicio no final em 2000, Daniel após deixar o Subviventes convida Jose, Argentino Ex-Integrante
da histórica banda argentina Argies e que vivia no mesmo bairro a começar um novo projeto. Nascia assim o 88NÃO!.
Em 2003 sai o primeiro disco, “Quanta Cerveja” título retirado da faixa com o mesmo nome, que é uma versão da banda
argentina Attaque77, ainda conta com versões de Kortatu e Garotos Podres, além de outras gravações acumuladas desde o
começo da banda até ali, com suas diversas formações, algo sempre corriqueiro na história do 88não, o disco ainda tem
participações de grandes amigos das bandas Muerte Lenta e Argies em algumas músicas. Ainda na tour desse disco em 2004 Daniel
convida seu filho Nicolas para entrar na banda como guitarrista.
Com uma formação mais estabelecida na época, gravam o segundo disco em 2005 “Amizade, Lealdade e Igualdade”, um
disco com 19 músicas + uma escondida, algo bem raro de se acontecer nas bandas da cena punk/hardcore brasileira pela
quantidade de músicas. Diversas novas composições do mais puro punk 77 fazem parte desse material, além de já introduzir algo
de Street Punk, como em “Beber” que conta com a participação de Arthur do Flicts. Aliás, um grande destaque desse disco são as
participações, Hóspede (Ex-Dead Fish) toca em “Em Vão” Fred (Ex- Inocentes) e Anselmo (Inocentes) em “Humildes”. Fabiano
(Blind Pigs) em “Amizade, Lealdade e Igualdade” e Mao (Garotos Podres) em “Outra Roda de Cerveja”. Com esse disco em mãos
participam de 2 tours na argentina em 2005 e 2006 com Doble Fuerza, no mesmo período excursionam também com a banda
argentina no Brasil, além de vários shows pelo ABC, capital de SP e interior.
Em 2007 a banda passa por uma grande reformulação, trocando de vocalista e baixista, logo após isso lançam em 2008
um EP com 3 músicas intitulado “EP 2008”, e embarcam em outra tour com Doble fuerza. Porém como dito antes, mudanças na
formação da banda sempre foi algo constante, e em 2010 Ludo entra no 88Não! e passa a tocar baixo e cantar, trazendo consigo
uma grande bagagem vinda do hardcore melódico. A banda sofre ainda com mais mudanças até que em outubro de 2012
encontram finalmente o outro guitarrista, Fabio velho amigo da banda e que já havia feito shows antes, entra em definitivo
fechando o time que se mantém até hoje.
Entre o Natal e o Ano Novo de 2012 se inicia um longo processo da gravação 3º disco, que passou por várias etapas e
diversos contratempos, até ser lançado agora em 2018 pela Lixo Discos.
3 Acordes é o mais novo disco do 88não!, o primeiro com as vozes principais de Ludo e Nicolas, mais agressivo, mais sério
e mais maduro, esse disco sem dúvidas será um divisor de águas na banda. Como já é de praxe na discografia da banda, as versões
não ficaram de fora, dessa vez 2 Minutos da Argentina e uma versão punk para “Time Perna de Pau” da clássica Demônios da
Garoa.
Além de músicas compostas nesse período entre 2006 e 2012, esse disco conta com composições de amigos que a banda
fez até aqui, Ricardo Japinha do CPM22 (Sobrevivo), Mauro Tracco do Armada (Pouco me Sobrou e Canções de Amor), Federico
Pertusi primeiro vocalista do Attaque 77 e Alyand do Dead Fish (Todos os Dias), este que inclusive tocou um período na banda e
gravou o “EP2007”. Além da participação de Henrike (Armada) nas vozes em “Pouco me Sobrou”, Nado e Kira do (SkarrapatosKO), Rafael e Raôni (Nokaos) nos metais em “Espelho” e Junior (O Bardo e o Banjo) nos banjos em “Futebol de Várzea”.
Com o disco lançado, o objetivo é tocar o máximo possível, e passar em meio a um mundo tão negativo, uma mensagem
positiva, e de camaradagem, marca da banda desde seu início
88NÃO! é:
Lucas Dorado: Voz e Baixo
Nicolas Miranda: Voz e Guitarra
Fabio Müller: Guitarra
Daniel Miranda: Bateria

Editar esta wiki

Não quer ver anúncios? Atualize agora

Artistas parecidos

Atrações em destaque

API Calls