Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Terremoto - Lyrics

Terremoto, aqui, me tira o eixo. Aceno à morte
Volto e trombo a mesma fita. Rogando outro desfecho
Supressão baixa a pressão.
Desmaio, em campo fechado vulnerável
Instável. Cárcere em rebelião. Mas errou se não é pelo amor que reage
Faísca entre os que acusam, mas a luz desperta a doença -
Maldade
As crenças invadem o pensamento, e a carne barra o refletir
Mesmo quando o racional esbarra no impalpável

Ações externas, reagir interno
Faz confusa minha existência por entre os anjos no inferno.
Os oferecem um endereço, que é aceito
Com posição, conforto, martelo e alguns segredos

Repulsa e insatisfação, gera aversão indiferente
Só exercida, não sentida... É o que me faz presente
De toda fé que visito no joelho e na caneta
a tal felicidade é mito com tudo isso na cabeça

E já cansei de procurar dentro de copo
Abstrair pra distrair, tentar esquecer é se omitir desses
"problemas"
Como quiser tratar
Mesmo dilema, conflito se repete, ecossistema diferente

Rebordose: Se a vida é espiritual
E a interação é tratamento, a intervenção não é trivial
Enquanto mantenho oxigenado meus demônios particulares
Agravando os danos dos tratar errôneos

Dor da pureza, inerente à transgressão
Acusação... E sucesso do "Do Contra" novamente
Desfaz a aparente certeza em alguns instantes
Abalo... Nos durantes dessa supressão maçante

Pá na tese, luz exala. Enfermo, só me cala universo a fora
Sensível e distante é vala
No auge da incompreensão, como vários que eu vi passar
Se foram antes de plantar seus grãos

E sucesso mais uma vez
No meu jardim de aço segue a saga
Eu e eu
Buscando o ponto de equilíbrio tonto

Don't want to see ads? Subscribe now

API Calls