Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Lyrics

Nunca é igual, se for bem natural
Se for de coração, além do bem e do mal
Coisas da vida
O amor enfim ficou senhor de mim
E eu fiquei assim, calado, sem latim
Coisas da vida

Como foi que eu cheguei aqui?
Quem me diria que esse era meu fim?
Olho no teu olhar a festa de estar
De bem com a vida

Lyrics continue below...

Don't want to see ads? Upgrade Now

O luar girou, a sorte me pegou
Tesouro, te encontrei sem garimpar
No ouro da paixão, na febre da paixão
Que estão em mim

Ser o senhor e ser a presa
É um mistério, a maior beleza
Amor é dom da natureza
Amar é laço que não escraviza

Nunca é igual, se for bem natural
Se for de coração, além do bem e do mal
Coisas da vida
O amor enfim ficou senhor de mim
E eu fiquei assim, calado, sem latim
Coisas da vida

Como foi que eu cheguei aqui?
Quem me diria que esse era meu fim?
Olho no teu olhar a festa de estar
De bem com a vida

O luar girou, a sorte me pegou
Tesouro, te encontrei sem garimpar
No ouro da paixão, na febre da paixão
Que estão em mim

Como foi que eu cheguei aqui?
Quem me diria que esse era meu fim?
Olho no teu olhar a festa de estar
De bem com a vida

O luar girou, a sorte me pegou
Tesouro, te encontrei sem garimpar
No ouro da paixão, na febre da paixão
Que estão em mim

Ser o que serve e é servido
Só o amor é tão bonito
Ser o que planta e sentar à mesa
Amor é dom da natureza

Água que limpa e mata a nossa sede
Sede de viver
De deixar viver
De fazer viver
E de ser feliz

Writer(s): Milton Nascimento, Wilson Lopes

Don't want to see ads? Upgrade Now

Similar Tracks

Features

API Calls