Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Lyrics

Canto esse brega rasgado
Só pra me vingar de alguém que eu amei
Que me botou tanta ponta
E eu não sabia, mas agora eu sei

Meu vizinho do lado
Um aposentado com cara de gay
Mas eu pra me vingar
Com a mulher dele também eu transei

Lyrics continue below...

Don't want to see ads? Upgrade Now

Ei, você, meu amigo
Que está sorrindo com o que eu passei
Cuidado com sua cabeça
Pois amanhã será sua vez

Você passa a noite fora
E quem é que garante que o Ricardão
Não come a sua comida
E dorme tranquilo no seu colchão?

Ela não me respeitou (e tome gaia)
Foi embora e quer voltar (e tome gaia)
Mas eu não vou aceitar (e tome gaia)
Nessa casa seu retorno
Não quero viver outra vez uma vida de corno

Ela não me respeitou (e tome gaia)
Foi embora e quer voltar (e tome gaia)
Mas eu não vou aceitar (e tome gaia)
Nessa casa seu retorno
Não quero viver outra vez uma vida de corno

É, se o sujeito não for forte
Não tiver a devida catilogência
Não aguenta, não
Não aguenta nada, rapaz!

Canto esse brega rasgado
Só pra me vingar de um alguém que eu amei
Que me botou tanta ponta
E eu não sabia, mas agora eu sei

Meu vizinho do lado
Um aposentado com cara de gay
Mas eu pra me vingar
Com a mulher dele também eu transei

Ei, você, meu amigo
Que está sorrindo com o que eu passei
Cuidado com a sua cabeça
Pois amanhã será sua vez

Você passa a noite fora
E quem é que garante que o Ricardão
Não come a sua comida
E dorme tranquilo no seu colchão?

Ela não me respeitou (e tome gaia)
Foi embora e quer voltar (e tome gaia)
Mas eu não vou aceitar (e tome gaia)
Nessa casa seu retorno
Não quero viver outra vez uma vida de corno

Ela não me respeitou (e tome gaia)
Foi embora e quer voltar (e tome gaia)
Mas eu não vou aceitar (e tome gaia)
Nessa casa seu retorno
Não quero viver outra vez uma vida de corno

Não quero viver outra vez uma vida de corno

Writer(s): Edel Reis

Don't want to see ads? Upgrade Now

Similar Tracks

Features

API Calls