Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Wiki

Sou de Qualquer Lugar é o sexto álbum de estúdio da cantora brasileira Daniela Mercury, lançado em 8 de outubro de 2001 pelas gravadoras BMG e Ariola Records. Depois do sucesso do álbum anterior Sol da Liberdade (2000), no qual a cantora promoveu experimentações com gêneros eletrônicos, ela decidiu seguir incluindo novas sonoridades em trabalho seguinte, como a música pop e dance, mas também novos gêneros que estavam crescendo em popularidade, como o xote.

Sou de Qualquer Lugar recebeu revisões negativas por parte dos críticos musicais, que não apreciaram a mudança sonora da cantora e a quantidade de gêneros diferentes no álbum, afirmando que Mercury estava desnorteada. Porém, alguns deles elogiaram e gostaram de algumas canções. O álbum foi certificado ouro pela Pro-Música Brasil (PMB), por ter vendido 150 mil cópias, e tornando-se o álbum menos vendido de Daniela Mercury até então.

O primeiro single do álbum, "Beat Lamento", recebeu um videoclipe feito à base de computação gráfica. Nele, a cantora é retratada como uma heroína, em busca de algo em um grande labirinto. "Mutante", o segundo lançamento, alcançou grande popularidade nas rádios brasileiras, sendo também incluída na trilha sonora da telenovela Desejos de Mulher da Rede Globo, e ganhando prêmios de melhor música. "Estrelas" também foi lançada como single, recebendo menos notoriedade. Mercury também embarcou em uma turnê mundial para promover Sou de Qualquer Lugar.

Edit this wiki

Don't want to see ads? Subscribe now

API Calls