Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

Faca nas Costas - Lyrics

Ai nog já falei já mano larga desse
Dinheiro truta pelo amor de deus
Larga do que tio tô pensando nuns bagulho ai Pensando em que mano? tá pensando em que truta?
Quantas vezes vou ter que falar isso pra você? Fala o que mano? ou vai tomar no seu cu predella certo?
A então segue essa parada sozinho então Você não é malandrão truta?
Falsos abraços, amigos em cima do palco
Por álcool, por droga, por fama e boquete Cerrado seu maço, sorri pra confundir seus passos
Um corte no drinque é o mundo do rap Inveja disputa, brisa puta e média
Fofoca não cabe mais só na internet
Faca nas costas é quase acessório notório se for conteúdo
Simplório balança a cabeça não escuta só estico chiclete
Moleque de merda!
Relevo o que vale pois já não convenço
Se perdeu por moeda e pela porra da fama que você nem tem Men, se eu fosse você eu vazava
Ai situação já tá clara que amizade
Não vale de nada só impede de minha mão ir contra sua cara
Você me poes no rap né?
Já perdeu todo seu controle
Se esqueceu que eu não passo fome
Eu não sou cone de otário
Cabaço eu não sigo passo querendo ficar milionário, visionário
Que evita fracasso se eu te procuro você só se esconde
Me escondo aonde se mete o louco
Chegou ontem no combate com esse flow da elba ramalho Na voz da Nicki Minaj
Eminem do Brás mas de copia são paraguais Faca nas costas não pago pra dim
No ato sobre meus versos mortais
Predellaa num é aquela panela né?
Sequela tá fumando pedra né?
Amarela, nego só ramela
Vai chorar pra mãe até sair remela né? Talentoso parabéns, sozinho já não tem ninguém
Vo te largar pro ce queimar e desandar pode pá heim?
Intrigas em turma, nunca te esgurma
Faca nas costas de graça
Arames em turma buraco fuma
Mata até quem se diz parça
Mano me diz o que está acontecendo Trocaram meus parça, irmãos de verdade
Por um bando de zumbi que tá absorvendo toda
Minha auto-estima bad pior que cocaína
Todo foco na missão sendo ofuscado pela sina Já cena de integridade, apontando um cão covarde
Junto com o caos dessa cidade tô quase apertando um "Inject"
Com a falta de humildade, excesso de mediocridade
Tão achando que o microfone tá ligado no kinect
Já cansei de piras, só sei tô com meus irmãos Faze esse role se pa vai esticar
Eu já tô bodiadão não sou contra a diversão Mas amanhã de manha tem responsa pra trinca
Se esse grupo acaba não sei se alivia o fardo mas
Vai fazer felicidade de alguns arrombado
Se implicam na decisão, se chamam nois de atrasado
Tô deixando bem claro eu não falho eu tardo Egos inflados voam pelos ares se perdem sozinho
Entre outros milhares
No mundo em que eu vivo cabeça é degrau Mulher é troféu e já tem manual
Cultura não vale mais nada
Você jura que é literatura
Compete por um pouco de confete
Mas que abraço que você promete mas Quanto de nois só vamos omitir
Quantos tem voz mais não sabem ouvi
Será que na roda sou mesmo mc
E quanto de nós sobrevivem aqui Intrigas em turma, nunca te esgurma
Faca nas costas de graça
Arames em turma buraco fuma
Mata até quem se diz parça

Don't want to see ads? Subscribe now

API Calls