Playing via Spotify Playing via YouTube
Skip to YouTube video

Loading player…

Scrobble from Spotify?

Connect your Spotify account to your Last.fm account and scrobble everything you listen to, from any Spotify app on any device or platform.

Connect to Spotify

Dismiss

A new version of Last.fm is available, to keep everything running smoothly, please reload the site.

A Dor Me Fascina - Lyrics

Quando eu penso que posso desistir
Nada me segura aqui, mas quero prosseguir
Na porra do orgulho mergulho e me torno frio
Na calada da noite, me vem pensamento hostil
Na porra da cama vegeto olhando pro teto
Tão pouco esperto, será que tô no caminho certo
Correto, convicto que, nada pode parar
Mas sempre acontece alguma coisa pra desanimar
Na porra da vida perfeita nada é perfeito
Só imagem no facebook mostrando o melhor momento
Que passou, não voltou e não volta mais
Tristeza deixei no caminho que ficou pra trás
A porra do peso satisfaz momentaneamente
A seringa vazia mostra a ignorância da gente
O caminho é minha escolha e ninguém caminha por mim
Mas muito cuidam minha vida e falam de mim
Na porra do plano traçado que não rendeu bons frutos
Na história da vida de todos sempre tem um luto
Insulto de quem julga minha life style hard
Esquece 50 da minha outra metade
A porra do b que rima esse todos sabem
Mas a porra do b na deprê, já é outra fase
Lok fala de mim, mas não faz por onde
Tipo vários por ai da um tapa e a mão esconde
Isolado parece medroso sentindo-se inútil
Quando só vem na minha mente pensamento fútil
A porra do carro, a porra da roda, a porra da moto
A porra da testo, a porra do shape
Pra sair bem na foto
A mulher linda que condena meu jeito de ser
Diz que ama se entrega na cama
Mais no fundo é só prazer
Daí me torno frio insensível um ogro
Daí saio pra noite caçando tipo um lobo
Estragaram o b que amava esse não brinca mais
Só quero o que todo querem a porra da paz
Tanto faz tanto fez e tanto vai fazer
A diferença dormindo na cama prefiro minha tv
Felicidade, falsidade, infidelidade
Verdade, menosprezo da sociedade
A porra da life feliz vai do dia e do momento
Do franol, da cafeína, efedrina tá batendo
Agitado, ansioso, quero chegar na academia
Levantar barra com peso halter e as anilhas
Depois mais meia hora na esteira pra secar
Whey, gluta, malto pra não catabolizar
Na porra da vida insana muitas agulhadas
A testo nunca tá baixa e sempre tá em alta
Olhar apreensivo, os pivete curtindo meu som
Anabol só prejudica I ele não é bom
Eu uso não indico, essa porra te faz mal
A insônia trás deprê, I às vezes faz passar mal
Coração batendo estranho organismo violento
Lembro que o doutor disse é bom parar por um tempo

A porra do caminho sombrio, tá mais escuro
A luz tá se apagando, bem-vindo ao meu mundo
A dor me fascina, ensina e me faz forte
Mas a cicatriz eterna é tipo a morte

Não é a sorte a regra do jogo modo
É hard sem trapacear
O xadrez é sem cheque mate
Porque na vida não da pra brincar
Uma par de louco abusa, tira a blusa viro hulk
Embaçado gordo i, diz que sempre tá em bulk
Bola seringa aplica no vasto, se acha que virou foda
Amanhã no hospital chorando diz que era moda
Por conta e risco ninguém faz minha cabeça
Não escuto rap de otário achando que é uma lenda
No estágio final do andar mais alto da cadeia
Anabol comercio ilegal, morre se aplicar na veia
Eles não entendem o porquê eu canto essa porra toda
É pra tu se conscientizar, e não tomar a moda louca
Tipo bicho aplica animal, toma oral mete humano
Coquetel anabólico estoura no corpo humano
Tô aqui pra conscientizar procurar um especialista
Se que tomar porcaria vai no endocrinologista
Vejo otário falando
Que não toma nada e só me faz rir
Vai na tv da hipocrisia
E mente pra mim, e mente pra ti
Dai eu canto um rap e denigro o esporte
Mas eles dizer que são puro há, a isso pode
Atleta de renome só fala de whey proten
Mas por trás do shape do cara tá cheio de trem
Não é certo fazer errado não põe tua vida em risco
O mundo é foda pra dar uma foda você tem que tá top
O shape dos cara do instagram é os que dão mais ibope
As mina curte o mano admira os pia quer ser igual
Caminha eu I a multidão pro mundo artificial
Mas fico bolado agradecido oficio virando vicio
Insisto no tratamento, fim do ano ou inicio
Parece que é inerente a droga ao ser humano
Cada um tem o seu vício I o meu vou sustentando

A porra do caminho sombrio tá mais escuro
A luz tá se apagando bem-vindo ao meu mundo
A dor me fascina, ensina e me faz forte
Mas a cicatriz eterna é tipo a morte

Don't want to see ads? Subscribe now

API Calls