Hoppa till
YouTube-video

Laddar spelare ...

Avvisa

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Jun 5

Jazz Ao Centro 2008

Med Michaël Attias Quintet, Hélène Labarrièrre Quartet och 6 artister till på Salão Brazil

Datum

Torsdag 5 juni 2008Söndag 15 juni 2008

Plats

Salão Brazil
Largo do Poço, nº3 1º andar, Coimbra, 3000, Portugal

Tel.: (+351) 239824217

Webb:

Visa på kartan

Beskrivning

Jazz ao Centro – Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra 2008

VI Edição
2 a 15 de Junho de 2008

Após quatro edições no formato bianual o ano de 2008 acarreta significativas novidades na orgânica do “Jazz ao Centro - Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra”. Doravante, o evento realizar-se-á em plena Primavera, concentrando-se a sua programação nas duas primeiras semanas de Junho.

Visando o reforço da dinâmica da Alta e Baixa Coimbrãs, o “Jazz ao Cento” traz a animação para as ruas, com os quatro principais concertos a decorrer nas Escadas do Quebra Costas e as seis sessões “fora-de-horas” no seu “habitat natural”, o Salão Brazil. A ligação entre estes dois espaços procura envolver de forma o mais directa possível os que habitam e trabalham nestes locais e, ao mesmo tempo, captar a atenção de todos os Conimbricenses e de todos quantos visitam a cidade. Implantado bem no seio deste eixo, junto à Sé Velha, o Ateneu de Coimbra, colectividade fundada em 1940 e com uma assinalável actividade no sector cultural, será palco do concerto inaugural do “Jazz ao Centro”.

Em colaboração com a Universidade de Coimbra e o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) este festival abraça, em 2008, novos desafios, incluindo na sua programação um pequeno ciclo de cinema documental e uma palestra versando a temática da Arte, Ciência e tecnologia no contexto das músicas improvisadas. O TAGV acolhe ainda um concerto, bem como uma das seis exposições de fotografia e design gráfico previstas no programa.

Animação de rua (com pequenas actuações, um espectáculo educativo e através de uma emissão radiofónica dedicada transmitida em circuito fechado para a Baixa da cidade) e o envolvimento dos lojistas (através de um percurso fotográfico nas diferentes montras) contribuirão, simultaneamente, para divulgar a iniciativa e aproximá-la dos cidadãos.

Do ponto de vista de estética musical, o “Jazz ao Centro” aposta, como até aqui, numa inserção qualificada no circuito global da música criativa, abrindo portas a diversas abordagens que convergem no vasto território do jazz. No entanto, mais do que até aqui, este evento extravasa a música assumindo-se, na memória individual e colectiva, como a experiência vivida de um tempo e de um lugar. Eventos como este, abrangentes e inclusivos, oferecem a Coimbra uma oportunidade de forjar o seu próprio universo de significados, contribuindo para o reforço da sua auto-imagem como cidade do conhecimento e da cultura.

Spelschema

API Calls