Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

The Housemartins foi uma das mais populares bandas do movimento indie pop dos anos 1980 da pequena cidade de Hull, Inglaterra. No Brasil são conhecidos apenas por Build, ou "melô do papel" -, o The Housemartins conseguiu em sua curta carreira conquistar os críticos e uma legião de fãs pelo Reino Unido, além de se tornar cult nos Estados Unidos com suas canções simples e uma mistura de ingenuidade com o conhecido sarcasmo inglês.

Formado por Paul Heaton, nos vocais e guitarra, Ted Key, na guitarra, Stan Cullimore, baixo, e Hugh Whitaker, bateria, em 1983, na cidade de Hull, o grupo cultivava uma imagem tipicamente inglesa, apesar das melodias evocarem os anos 50 no Estados Unidos, regada de cinismo e senso de humor em relação à política britânica e ao dia-a-dia do país. Em 1985 assinam com o selo Go! Discs e no final do mesmo ano trocam de guitarrista, saindo Key e entrando Norman Cook (que mais tarde seria conhecido como Fatboy Slim). Ainda em 1985 lançam seu primeiro single, Flag Day. No ano seguinte, um novo single, Caravan of Love. Ainda no mesmo ano, um novo single, para Happy Hour, sucesso instantâneo, chegando terceiro posto da parada inglesa e abrindo espaço para o primeiro álbum cheio do grupo, lançado no mesmo ano. London 0 Hull 4, uma brincadeira futebolística com a cidade natal da banda, assim como o single de Happy Hour, rapidamente sobe na parada, chegando ao décimo posto e a versão à capella de Caravan of Love se transforma na primeira canção da banda a chegar ao primeiro posto da parada.

Com o sucesso do primeiro álbum, o Housemartins ganha o prêmio de revelação do ano dado pela BPI e começam a gravar o segundo álbum. Antes mesmo do começo dos trabalhos, o baterista, Hugh Whitaker, deixa o grupo, sendo substituído por Dave Hemmingway. The People Who Grinned Themselves to Death é lançado em 1987 na Inglaterra e no Brasil e vem recheado de hits, como as canções Five Get Over Excited e Me and the Farmer - no Brasil, Build chega a tocar em rádios populares graças à inclusão na trilha da novela Bebê a Bordo da Globo -, mas o grupo acabou antes que conseguisse tornar-se o mais popular do Reino Unido.

Em 1988 sai a primeira coletânea da banda chamada Now That´s What I Call Quite Good!, trazendo todos os singles e várias raridades do grupo. Cinco anos depois, Hugh Withaker, baterista original do grupo, é preso por tentar atear fogo em seu sócio.

A verdade por trás do final da banda é que Heaton e Cook passavam por tensões criativas, com o vocalista querendo enveredar pelo jazz-pop e o baixista caminhando para a dance music. As diferenças apareceram com mais força nas carreiras pós-Housemartins dos dois, com Cook criando o Beats International, que conseguiu alguns hits durante os anos 1990, e depois partindo para sua versão DJ e produtor sob a alcunha de Fatboy Slim. Já Heaton montou o Beautiful South junto com Hemmingway, seu baterista no Housemartins. O Beautiful South mantinha a estética do Housematins, mas com melodias e arranjos mais complexos e conseguiu alguns hits durante os anos 1990.

Editar esta wiki

API Calls