Carregando o player...

Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

We’re currently migrating data (including scrobbles) to our new site and to minimise data disruption, we’ve temporarily suspended some functionality. Rest assured, we’re re-activating features one-by-one as soon as each data migration completes. Keep an eye on progress here.

Nacho Vegas (Ignacio González Vegas) (Gijón, 9 de dezembro de 1974) é um cantor e compositor ( cantautor )espanhol, seu estilo musical mescla o pop , o folk e o rock.
Nacho Vegas foi membro do Eliminator Jr., banda local de influências noise, onde começou a tocar no início dos anos 1990. Também foi membro fundador de Manta Ray, formação que alcançou reputação internacional de crítica graças a uma musicalidade pessoal e a sua postura em palco.
No final da década de 90, Vegas deixou o grupo para se dedicar à carreira solo que , até agora , deu lugar a três álbuns e multitud de cortes repartidos em recopilatorios, ‘’split-singles’‘, ‘’mini-CD’s’’ e incluso bandas sonoras.O projeto ‘’Diariu’‘, onde musicou os versos do poeta [], precedeu a aparição de seu primeiro trabalho solo, ‘’Actos inexplicables’’ (2001). O disco apareceu entre os mais destacados do ano pela imprensa especializada, e consegui distribuição internacional a escala independente. Seus últimos trabalhos, de 2005, são ‘’El hombre que casi conoció a Michi Panero’‘, ‘’Desaparezca aquí’‘, ‘’Esto no es una salida’’ y “El Tiempo De Las Cerezas”, disco que fez em parceria com Enrique Bunbury e cujo título se inspira em um filme de Kiarostami, além de um disco em parceria com Christina Rosenvinge: «Verano Fatal» em que volta a repetir o formato de disco em parceria, à espera de um novo disco próprio e de um projecto mais pessoal de “nanas” em «bable».
Como "cantautor", se reconhecem em Nacho Vegas influências de Will Oldham, Nick Cave e Leonard Cohen. Explora nuances intimistas em sua música, intensa porém evasiva;as letras parecem configurar um quadro onírico, exceto quando recorre a textos de outros.
Musicalmente mostra inquietudes criativas pouco ortodoxas. Incorpora matizes minimalistas à veia roqueira, que aproximam - se tanto da obra de Pascal Comelade como aos arranjos de Mastretta. A música de Vegas também recorda a figuras do Indie espanhol como Fernando Alfaro –Chucho- e por momentos, os mais barulhentos Los Planetas.

Atrações em destaque

API Calls