Carregando o player...

Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

A história desta grande dupla teve inicio em 1989, quando o pai dos meninos resolveu ensinar-lhes a tocar violão, a partir daí começou o amor e o sonho pela música caipira dos irmãos Mauricio Viana dos Santos (28) e Lucimar Viana dos Santos (33).
Tocando para os amigos em uma praça de Felixlândia-MG, cidade natal, em 1996, foi a primeira oportunidade que tiveram de mostrar o dom para as pessoas da cidade, chamando a atenção do dono do bar na frente da praça, que no mesmo dia convidou a dupla para se apresentarem em seu estabelecimento, e foi assim que ganharam o primeiro cachê.
Com o sonho de se tornarem grandes estrelas da música sertaneja Mauricio e Lucimar, primeiro nome da dupla, se inscreveram em um show de calouros em Curvelo-MG, onde ganharam o 1° lugar e o prêmio de R$ 50,00, cantando 'Pedras' de Zezé di Camargo e Luciano.
O nome da dupla sofreu uma alteração, pois uma vez foram apresentados em um programa como Mauricio e Luciano, e as pessoas sempre confundiam, trocavam o nome Lucimar por Luciano, e assim o novo nome foi estabelecido.
Conforme iam se apresentando, conquistavam seu espaço e o coração do público devido ao talento que essa jovem e persistente dupla mostrava.
Conheceram o primeiro empresário, que os levou para Belo Horizonte onde gravaram seu 1° CD, nomeado “Amor Proibido”, o sucesso aumentava, já cantavam em exposições, grandes festas eventos importantes. Porém em 2000, o destino passou uma rasteira nos irmãos, obrigando-os a desistirem de seus sonhos e tiveram que voltar para casa.
Dois anos se passaram, mas como a paixão é uma das maiores forças que pode existir, Mauricio e Luciano voltaram a alegrar o publico com suas canções, com ajuda de um amigo que os convidou para uma apresentação na Exposição Asproeste, em Brasilia. Tiveram uma ótima receptividade e o sonho voltou a brilhar.
Os convites não pararam mais, fizeram shows marcantes como: Exposição Agropecuária de Curvelo – MG, Expoabra, ExpoBrasilia, Flores de Goiás, lugares onde se concentraram grandes públicos de diferentes idades que se admiram com o grande potencial das músicas e das vozes afinadas e harmoniosas.
Foi assim que recomeçaram e gravaram o 2° CD (2002).
Talentosos por natureza o dom vai além de cantar, inspirados na música raiz compõem lindas letras sobre o verdadeiro amor, sobre o campo, e muito mais. Possuem em seu repertório músicas como:
Decisão (Mauricio), Chamego (Mauricio), Saudade me faz sofrer (Luciano) e Radar (Luciano), música que estourou nas rádios de Goias e Minas Gerais ocupando sempre o primeiro lugar.
Participaram de muitos programas de TV em rede nacional como Record, SBT, Tv Senado, além de outros importantes meios de comunicação, registrando o sucesso que fazem por onde passam. Em sua trajetória também dividiram palco com nomes conhecidos da música brasileira: Zezé di Camargo e Luciano, Penabranca, Renato Teixeira entre outros.
Mas foi em 2008 que aconteceu uma reviravolta na carreira dos cantores, quando conheceram o novo e atual empresário, e tiveram a oportunidade de gravar o 3° CD - “Mauricio e Luciano Acústico” com oito regravações e seis músicas inéditas. Compõe este cd os sucessos “Ser mineiro é bom demais” e “Mordomia de muher”.
Humildes e muito determinados a dupla reside hoje no interior paulista, possuem uma agenda lotada de shows em grandes eventos, cativando novos fãs em cada apresentação.

Atrações em destaque

API Calls